Posted agosto 7, 2017 by equipetribuna in Paulínia
 
 

Abandono: ‘montanha’ de materiais escolares só aumenta

A justificativa da Prefeitura é de que o acúmulo de materiais no local é de responsabilidade da administração anterior

Paulínia descumpre promessa e mantém centenas de carteiras, além de equipamentos eletrônicos, bebedouro, armários e até equipamentos hospitalares acumulados à céu aberto

Mesmo após a denúncia de uma moradora da cidade à EPTV, a Prefeitura de Paulínia mantém materiais escolares em bom estado abandonados em um barracão da administração. A promessa era de que em até 30 dias os objetos seriam retirados, mas a equipe de reportagem voltou ao local e confirmou que o Executivo ainda não tomou nenhuma medida para dar a destinação correta dos materiais.
A justificativa da Prefeitura é de que o acúmulo de materiais no local é de responsabilidade da administração anterior. Entre os objetos abandonados, estão centenas de carteiras em bom estado, além de equipamentos eletrônicos, bebedouro, armários e até equipamentos hospitalares, como macas e cadeiras.
Uma moradora de Paulínia gravou um vídeo de todos os materiais abandonados a céu aberto e enviou para a EPTV, afiliada da TV Globo.
No dia 21 de junho, o diretor de orçamento da Prefeitura de Paulínia, Marco Aurélio Maimonte, afirmou que seriam criadas oficinas e outras formas de reaproveitamento para que o material não seja desperdiçado.
“A ideia é que no máximo em 30 dias a gente já recupere todos esses materiais, já crie as oficinas, ou até mesmo já faça doações. Já foi solicitado o conserto do telhado e realmente o interesse da administração é corrigir”, disse o diretor à época.
Agora, a administração disse que vai abrir um chamamento público para resolver a situação.

. . .




equipetribuna