Posted setembro 5, 2017 by equipetribuna in Paulínia
 
 

PTB Paulínia quer Campos Machado no Governo do Estado

Através de seu presidente Bonavita, o PTB de Paulínia declarou seu apoia a uma possível candidatura de Campos Machado ao Governo do Estado

Presidente do Diretório Municipal, Bonavita diz que bagagem política do deputado é marcada por lealdade e prestígio: “Só faz história, quem tem história”

Nesta semana, o Diretório Municipal do Partido Trabalhista Brasileiro – PTB, sinalizou seu apoio para uma possível candidatura do deputado estadual Campos Machado ao cargo de governador do estado de São Paulo.
O presidente da legenda, Francisco Almeida Bonavita Barros, acredita que o nome de Campos Machado é o ideal para chefiar o estado por sua bagagem política exemplar: atuante na assembleia com vasta lista de projetos aprovados, está em seu sétimo mandato como deputado, sua conduta como pessoa pública é íntegra e marcada pelo seu prestígio. “Só faz história, quem tem história. Por isso, acredito que ele é um homem que reúne todas as qualidades para ser um grande governador. Tem o nosso respaldo e nosso apoio”, disse.
Bonavita, que disputou seis eleições municipais e se elegeu em todas, sendo 5 vezes vereador e uma como vice-prefeito de Paulínia, disse que o partido vive o melhor momento e que tem uma conduta ilibada, já que não figura nos escândalos de corrupção e não está entre as legendas investigadas na Operação Lava Jato.

O partido que mais cresce
O PTB Estado de São Paulo saiu fortalecido das eleições municipais em 2016, onde, entre os três maiores partidos, segundo o jornal Folha de São Paulo, foi o que mais cresceu em número de conquistas de prefeituras. No total cresceu 22%, enquanto o PMDB, que tem a presidência da República, diminuiu 4% e o PSDB, que tem o governo do Estado, sofreu redução de 7%.
O PTB administra cerca de 150 prefeituras paulistas com prefeitos e vice-prefeitos. Nas câmaras municipais os petebistas compõem a terceira maior bancada em todo o Estado, com cerca de 600 vereadores eleitos. Tem ainda muitos prefeitos, vice-prefeitos e vereadores ingressando na sigla, a deixando ainda mais forte.
Com pouco mais de um ano para as eleições de 2018, o PTB paulista está empenhado na sua reestruturação para fortalecer ainda a mais a sigla, nos 645 municípios do Estado buscando, através dos seus mais de 20 departamentos, a começar pelo PTB Mulher, presidido nacionalmente por Marlene Campos Machado, agilizar a formação dos diretórios municipais, conforme as novas regulamentações.
Campos Machado é deputado estadual, presidente estadual e secretário-geral da Executiva Nacional do PTB. “O vertiginoso crescimento do PTB nas eleições municipais habilita o nosso partido a pensar mais alto e continuar o projeto de sermos sempre protagonistas nas eleições”, disse.
Ainda segundo Campos, o PTB pensa também em lançar um nome ao Senado Federal, visto que, nas eleições de 2018, serão duas vagas ao senado e os quadros do partido estão repletos de excelentes nomes para a disputa.

. . .




equipetribuna