Posted outubro 24, 2017 by equipetribuna in Meio Ambiente
 
 

Abandono do Parque das Flores é destaque na EPTV

A reportagem mostrou que a lagoa praticamente “desapareceu” devido ao assoreamento e além de outros problemas de falta de manutenção, há muita vegetação sobre a água

Dessa vez, equipe de reportagem veio à Paulínia depois que moradores reclamaram da situação do Parque das Flores, no Jardim Primavera

Mais uma vez a equipe de reportagem da EPTV, emissora filiada à Rede Globo, esteve em Paulínia para registrar a situação de abandono de alguns locais que já foram pontos turísticos da cidade. O alvo das reclamações dessa vez foi o Parque das Flores, no Jardim Primavera.
A reportagem mostrou que a lagoa praticamente “desapareceu” devido ao assoreamento e além de outros problemas de falta de manutenção, há muita vegetação sobre a água.
As imagens mostraram que uma guarita de observação está com a estrutura deteriorada e moradores disseram à reportagem que antigamente o parque oferecia mais opções de lazer para as pessoas, como ciclovia. Uma ponte sobre o lago, que era de uso dos frequentadores, está com a passagem interditada por blocos de concreto.
“Tinha também uma ponte pênsil, mas essa já não existe mais há muitos anos. É uma pena, porque esse lugar é muito bonito. Hoje serve apenas para usuários de drogas”, disse Izilda Vasconcelos, moradora do bairro.
“Alguns vereadores já vieram aqui, filmaram, falaram com os moradores e anotaram as reivindicações. A prefeitura até veio, cortou o mato, mas não passou disso. Pouco tempo depois, olha a situação do Parque”, ressaltou Ricardo Gouveia Santos, outro morador do bairro.
À EPTV, a Prefeitura informou que a limpeza está sendo realizada periodicamente, assim como a manutenção na área verde. Sobre o desassoreamento necessário para a lagoa, a administração municipal disse que o processo de licitação deverá ocorrer no primeiro semestre de 2018. Ressaltou, ainda, que a implantação de galerias este ano solucionou os problemas que originaram o assoreamento.

Biblioteca Virtual
No dia 4 de outubro a equipe de reportagem da EPTV também esteve em Paulínia registrando o abandono da Biblioteca Virtual, um local que oferecia tecnologia de ponta aos usuários, que foi, inclusive, modelo a nível nacional, mas que hoje é ocupado por pessoas em situação de rua e usuários de droga.
Na matéria, o repórter entra facilmente pela porta da frente do local que está quebrada. Não há vigilância ou qualquer tipo de segurança.
As imagens mostram que o local está abandonado há anos: os equipamentos foram retirados e por toda parte tem roupas, calçados e restos de comida espalhados pelo chão. Toda a fiação elétrica foi roubada e em toda parte pode-se ver flaconetes de drogas.
“Vamos ver se com a televisão aqui a Prefeitura faz alguma coisa, né. Já cansamos de denunciar, de cobrar e nada acontecer. Espero que resolva dessa vez”, disse Rosalva Damasceno, que mora próximo do local.
A Biblioteca Virtual foi inaugurada em 2001 e foi a primeira do Brasil a disponibilizar esse modelo de entretenimento.

. . .




equipetribuna