Posted Janeiro 15, 2018 by equipetribuna in Região
 
 

Hospital Santa Gertrudes: Versão da Petrobras sobre doação de equipamentos é desmentida

 

Hospital Santa Gertrudes recebeu R$ 2,5 milhões da Petrobras para comprar equipamentos que deveriam ser usados em pacientes do SUS

Estatal estaria se eximindo da responsabilidade de remanejar equipamentos para atendimento a paciente do SUS

A Petrobras encaminhou ao vereador de Cosmópolis, José Carlos Passo Neto (PV), o Zezinho da Farmácia, resposta ao requerimento pedindo informações sobre os equipamentos que foram doados ao Hospital Beneficente Santa Gertrudes. Na carta, a Estatal afirma que a doação foi feita em dinheiro e que não participou do processo de compra dos itens solicitados. Porém, pessoas que participaram na época de todo o processo de doação contestaram essa informação.

De acordo com as fontes ouvidas, que preferiram não se identificar, a Petrobras não só disponibilizou o recurso como também participou de todo o processo de gerenciamento do investimento. No total, foram doados R$ 2,5 milhões de dinheiro público para compra de equipamentos e investimento em infraestrutura nas alas da UTI, Centro de Imagem e reforma do refeitório.

A doação, segundo as fontes, foi feita para atender a uma solicitação da direção do Santa Gertrudes para realizar a modernização do hospital. Na época, o Hospital ainda fazia atendimento pelo SUS (Sistema Único de Saúde) e a proposta da doação era beneficiar pessoas carentes que precisavam de atendimento.

As fontes foram enfáticas em dizer que a Petrobras disponibilizou o recurso, gerenciou o investimento e ainda participou do processo de aquisição dos equipamentos. “Não foi apenas doação de dinheiro, houve todo o gerenciamento na aquisição de bens e serviços e a participação direta na gestão desse recurso. Compramos e destinamos esses equipamentos direto para o Hospital”, afirmaram.

Questionamento

O questionamento do vereador é justamente pelo fato de o hospital ter rompido convênio com a prefeitura e atualmente não mais atender pacientes do SUS. O vereador argumenta ainda que os equipamentos doados ao Santa Gertrudes deixaram de beneficiar as parcelas mais carentes da população, que agora é atendida pelo Pronto Atendimento da Prefeitura de Cosmópolis, para atender a demanda particular do Santa Gertrudes.

Por isso, Zezinho da Farmácia pediu um posicionamento da Petrobras sobre a possibilidade de remanejar esses equipamentos ao Pronto Atendimento, onde poderão ser utilizados em benefício da população.

Em sua resposta, a Petrobras afirmou que não há possibilidade jurídica de retomada dos equipamentos, pois o convênio já está encerrado, não sendo mais possível a alteração de seus termos.

 

. . .




equipetribuna