Posted Fevereiro 5, 2018 by equipetribuna in Paulínia
 
 

Câmara é notificada e vereadores serão afastados em 48 horas

Câmara é notificada e vereadores serão afastados em 48 horas

Abertura de CPI que pode cassar Dixon será votada em sessão extraordinária pelos suplentes

A Câmara Municipal de Paulínia foi notificada na tarde desta segunda-feira (5) sobre a decisão judicial que pede o afastamento dos 13 vereadores da base aliada do prefeito Dixon Carvalho (PP). A abertura da Comissão Parlamentar de Inquérito será votada em sessão extraordinária pelos vereadores suplentes e poderá levar à cassação do prefeito.

Na semana passada, o juiz da 1ª Vara de Paulínia, Carlos Eduardo Mendes, aceitou a recomendação do MPE (Ministério Público Federal) e pediu o afastamento dos vereadores. Os únicos que não serão afastados são Tiguila Paes (PPS) e Kiko Meschiat (PRB), que fazem oposição ao governo pepipsta. Os vereadores afastados são investigados por venda de votos para o prefeito.

Além disso, a decisão também anulou a sessão ordinária do dia 28 de agosto de 2017, quando os pedidos de CPIs foram colocados em pauta e negados pelos vereadores.

A assessoria de imprensa da Câmara confirmou o recebimento da notificação e disse que o documento será analisado pela Procuradoria do Legislativo para ingressar com as medidas cabíveis.

. . .




equipetribuna