Posted Fevereiro 6, 2018 by equipetribuna in Paulínia
 
 

Vereadores recebem pais e estudantes e debatem sobre a Bolsa Educação

Em consenso os vereadores se colocaram a favor dos estudantes de forma unânime, que também puderam expor suas opiniões

Mesmo com projeto retirado, reunião teve como objetivo aprimorar o programa

Os vereadores Loira (PSDC), Marcelo D2 (PROS), Fábio Valadão (PRTB), Flávio Xavier (PSDC), Danilo Barros (PR), Fábia Ramalho (PMN), Edilsinho (PSDB) e Xandynho Ferrari (PSD) receberam na tarde desta terça-feira, 30, um grupo de pais e estudantes para conversarem sobre a Bolsa Educação e o Transporte Escolar Universitário.

 

Valadão esclareceu aos jovens que desde o início vinham conversando sobre o projeto e chegaram a apresentar modificações no texto original. “Não queremos esvaziar o movimento de vocês. Pelo contrário. Queremos que vocês estejam sempre com a gente, por isso peço que não deixem este ato ser contaminado por quem quer sempre denegrir o Legislativo”.

 

Danilo também informou que a primeira votação que aconteceria na 1ª Sessão Ordinária, mas foi cancelada, pois o mesmo foi retirado, seria apenas para apreciar a legalidade do projeto. “Aqui na Câmara temos trâmites a serem seguidos e comissões que analisam cada lei de forma única. A análise deste projeto começou em meados de dezembro, assim que chegou aqui. Ou seja, nada estava ocorrendo sem transparência”.

 

Em consenso os vereadores se colocaram a favor dos estudantes de forma unânime, que também puderam expor suas opiniões. O professor da rede estadual, André Torres, apontou pontos positivos e negativos do projeto retirado e outros jovens e pais tiveram direto a opinar e elencar melhorias.

 

Transporte Escolar Universitário

 

O “Programa Transporte Escolar Universitário” também foi tema da reunião. O assunto foi levantado por Sergio Donizete, que se queixou da burocracia para usar do benefício. As mudanças no programa foram realizadas pelo Decreto 7236 de 2017 do Executivo.

 

Entre as queixas apresentadas, estão a não circulação dos ônibus nos bairros e a necessidade de se descolarem até o Paulínia Shopping, para usarem o Transporte Universitário.

 

O secretário de Transportes Laércio Giampaoli, que chegou no decorrer da reunião comunicou que 5 ônibus farão a coleta dos alunos nos bairros pela manhã e 17 a noite, indo até o Paulínia Shopping, local de onde sairão os veículos com destino às universidades e faculdades.

 

Para retornarem as suas residências os alunos da manhã irão até o Paulínia Shopping, onde os mesmos veículos que os levaram até lá, estarão esperando para fazerem o trajeto de volta.

 

Já os estudantes do período noturno serão deixados em locais próximos aos seus endereços, pelos mesmos veículos que os trarão das instituições de ensino, sem a realização da baldeação entre veículos.

 

Segundo Giampaoli, a mudança ocorre com o intuito de melhorar trânsito na cidade, além de garantir mais segurança e conforto aos estudantes. “O atual local não tem estrutura e com ônibus circulando por toda cidade, prejudicamos a mobilidade urbana. No Paulínia Shopping temos banheiros, estacionamento para quem vai de carro até o local, praça de alimentação e segurança”.

 

Giampaoli ainda explicou que o prefeito Dixon Carvalho (PP) garantiu que caso seja necessário o número de veículos circulando nos bairros poderá aumentar, conforme a demanda.

 

Ainda de acordo com o secretário, outra mudança que irá ocorrer no Decreto que trata do Transporte Universitário é o aumento da distância que o serviço atenderá, ampliando o raio de circulação de 100 para 150 quilômetros.

 

Nos próximos dias as mudanças devem ser oficializadas pela Prefeitura de Paulínia, informou Giampaoli, que se comprometeu a levar as sugestões apresentadas ao prefeito.

 

. . .




equipetribuna