Início Região Acidentes de trânsito no Carnaval têm redução de 65% na região

Acidentes de trânsito no Carnaval têm redução de 65% na região

O número de acidentes no Corredor Dom Pedro de rodovias teve nova queda significativa no Carnaval. Este ano, durante seis dias de Operação Especial, a Concessionária Rota das Bandeiras atendeu 13 ocorrências, número 38% menor em relação ao feriado de 2018, quando foram 21 casos. Quando comparado ao Carnaval de 2017, a queda é ainda mais expressiva: 65%, já que, há dois anos, foram 37 atendimentos.
A redução de acidentes também se reflete na queda de feridos. Neste Carnaval, foram cinco casos, ante 11 em 2018 e 17 em 2017. Em dois anos, a queda é de 70%. Em 2019, houve uma morte, por atropelamento, registrada na noite de terça-feira, na rodovia D. Pedro I (SP-065), em Igaratá. Em 2018, a Concessionária também registrou uma morte no período.
Toda movimentação foi acompanhada pelas 91 câmeras de monitoramento do Centro de Controle Operacional (CCO) da Concessionária e também pela Artesp (Agência de Transportes do Estado de São Paulo). Guinchos e ambulâncias da Concessionária ficaram posicionados em pontos estratégicos para garantir a agilidade em casos de socorros médicos e mecânicos.

Movimento nas rodovias

A Operação Especial nas rodovias ocorreu entre sexta-feira, dia 1º, e o fim da noite da quarta-feira de Cinzas. Nestes seis dias, circularam pelo Corredor Dom Pedro 843.604 veículos, número similar aos dois últimos carnavais – 855 mil em 2018 e 877 mil em 2017.
A Concessionária registrou lentidão somente na saída para o Carnaval, entre 17h e 21h de sexta-feira. Com tempo chuvoso, o motorista enfrentou congestionamento sobretudo no trecho de Atibaia da rodovia D. Pedro I (SP-065). O movimento de retorno do feriado teve o tráfego diluído ao longo dos dias, o que favoreceu que os motoristas encontrassem pistas livres.
Principal ligação entre a Região Metropolitana de Campinas (RMC) e as praias do Litoral Norte, a D. Pedro I teve fluxo de 580 mil veículos. Na Prof. Zeferino Vaz (SP-332), entre Campinas e Mogi Guaçu, foram 131,5 mil veículos. Na região de Jundiaí, a Eng. Constâncio Cintra (SP-360) teve a passagem de 107 mil usuários, enquanto a Romildo Prado (SP-063) registrou 25 mil veículos.

Artigo anteriorCafé da manhã e palestra da Prefeitura marcam O Dia Internacional da Mulher em Cosmópolis
Próximo artigoTrabalhadores fazem protesto por vaga de emprego