Início Saúde ACIP busca alinhamento com prefeitura para reabertura do comércio

ACIP busca alinhamento com prefeitura para reabertura do comércio

Em reunião, secretário de Desenvolvimento Econômico se coloca à disposição dos lojistas e garante reabertura
O presidente da ACIP (Associação Comercial e Industrial de Paulínia), Junior Machado, protocolou ofício, na tarde desta sexta-feira (5), em nome dos comerciantes/lojistas do município, que pedem reabertura do comércio, em consonância com a nova fase do “Plano São Paulo” de combate ao Covid-19 no Estado, apresentado pelo Governador João Dória, no final de maio. No documento, consta que Paulínia passou da fase de alerta máximo “vermelha” para a fase de flexibilização “fase amarela”, classificação esta que possibilita a abertura, com restrições, de atividades imobiliárias, comércios, concessionárias, escritórios, lojas, shopping centers e salões de beleza.
A abertura do comércio deve atender normas jurídicas do Poder Executivo Municipal, por isso, Junior Machado criou o documento que pede um Decreto Municipal permitindo a flexibilização de tais atividades, assim como responsabilidade de adesão especificando os protocolos de higiene e distanciamento para esta fase.
Atendendo os lojistas preocupados com a economia local, o presidente da ACIP, Junior Machado, confirma que a associação está empenhada em atuar da melhor forma como elo entre prefeitura, lojistas e população para que a cidade possa se reerguer economicamente, sem deixar os cuidados coma a vida de lado, tanto que fez reunião antes de protocolar o ofício Nº 05/2020 com o secretário de Saúde, Dr. Fábio Luiz Alves e o secretário de Desenvolvimento Econômico, Juliano Merkes, onde conversaram sobre os termos de forma bastante amigável. Além deles, representantes das lojas Evolução, Lojas Cem, Timax, Montreal Magazine e Mix Biju participaram da reunião.
Conquista da ACIP
O encontro foi bem avaliado e após a definição dos termos, o secretário de Desenvolvimento Econômico Juliano Merkes informou que seria divulgado decreto, em breve, atendendo aos pedidos dos lojistas. “De acordo com dados epidemiológicos nos sentimos confortáveis para reabertura segura, possivelmente para a próxima semana, cumprindo os requisitos do decreto estadual, e após avaliação do Comitê de Prevenção e Enfrentamento ao Coronavirus”, disse Merkes. O secretário ainda reforçou que está convicto de que será possível uma reabertura em breve e está fazendo o máximo para que a economia local retome, alinhada aos cuidados de saúde e o prefeito Du Cazellato está empenhado, ouvindo todos. “O prefeito não mediu esforços para atender bem a população, cuidar de todos e, graças ao esforço dele, com o secretário de Saúde, nossa cidade não se encontra em estado crítico e pode agora atender aos interesses econômicos, já que a vida está resguardada. Nossa meta é voltar ao desenvolvimento de forma segura”, completa.
Junior Machado está confiante com a conquista e agradece ao diálogo que vem sendo positivo entre poder Executivo e os lojistas. “A Associação Comercial e Industrial de Paulínia coloca-se a disposição da prefeitura a fim de auxiliá-la na divulgação, orientação e saneamento de dúvidas quanto às práticas a serem adotadas pelos setores contemplados com possibilidade de abertura, em especial o setor do comércio”, explica Júnior Machado. “Nossos comerciantes estão aflitos, querendo trabalhar, manter seus funcionários e, para voltar à rotina, têm consciência de que precisam estar atentos às novas normas. Não há porque demorar mais para retomada”, conclui o presidente da ACIP.

Artigo anteriorPaulínia registra mais uma suspeita de morte por Covid-19
Próximo artigoPaulínia confirma o terceiro óbito por Covid-19