Início Empresarial ALL abre vagas de trabalho para operadores em Paulínia.

ALL abre vagas de trabalho para operadores em Paulínia.


 

Maior empresa logística de base ferroviária do país, a ALL – América Latina Logística está em processo de contratação de novos operadores de produção. As exigências são que o candidato tenha concluído o Ensino Médio se encaixe no perfil da empresa e tenha disponibilidade de horários. As vagas são para a cidade de Paulínia.
A empresa oferece salário compatível com o mercado, vale refeição, vale alimentação, vale transporte, seguro de vida, plano médico, odontológico e Participação nos Lucros, além de plano de carreira (Maquinista).
Os interessados devem enviar currículo para o e-mail [email protected] Mais informações pelo telefone (11) 2118-2906.
De acordo com a gerente de Gente da ALL, Melissa Loqueta, trata-se de uma oportunidade para quem busca construir uma carreira profissional.
“A companhia oferece todas as condições de crescimento para colaboradores que entregam resultados e apresentem o perfil que a companhia busca. Prezamos pela formação de pessoas desde a entrada na ALL, portanto é uma grande oportunidade para quem quer se desenvolver profissionalmente e construir sua carreira”, disse.
O operador de produção da ALL atua na execução de serviços de manutenção na linha férrea, utilização e auxílio de ferramentas e máquinas portáteis e carga e descarga de materiais diversos.

Perfil ALL
A ALL – América Latina Logística é a maior empresa independente de serviços de logística da América Latina e conta atualmente com 9 mil funcionários. A companhia oferece uma grande variedade de serviços logísticos, com transporte ferroviário nacional e internacional.
Fundada em 1997, com a concessão da Rede Ferroviária Federal (RFFSA) para atuar na Malha Sul do país, vem ampliando sua atuação em um histórico sem precedentes de expansão e aquisições no setor de logística brasileiro. Em 1999, adquiriu as ferrovias argentinas MESO e Central. Com a incorporação da Brasil Ferrovias em 2006, incluiu em suas operações o acesso ao Porto de Santos e passou a atuar nos maiores corredores de exportação de soja, milho e açúcar e nas mais importantes regiões industriais do país.