Início Educação Anglo Paulínia começa 2017 com inovações

Anglo Paulínia começa 2017 com inovações

Anglo Paulínia investe em sistema de refrigeração para diminuir temperatura nas áreas abertas e melhorar a qualidade do ar no ambiente escolar

Colégio está implantando sistema de refrigeração em áreas abertas para oferecer comodidade e melhorar a qualidade do ar dentro do ambiente escolar

Uma escola preocupada com o bem-estar de seus alunos, dos pais, dos professores e de seus funcionários, assim é o Anglo Paulínia. Ano após ano, a escola investe tanto em infraestrutura quanto em profissionais.

E em 2017 não poderia ser diferente. O ano mal começou e os alunos já estão sendo beneficiados com uma novidade. “Estamos implantando um sistema de refrigeração do ar nos ambientes abertos das duas unidades, tanto da Morumbi quanto da José Paulino”, revela Airton Rodrigues, diretor e sócio mantenedor do Anglo Paulínia.
Com as salas de aulas já equipadas com ar condicionado, a escola buscou uma alternativa para diminuir, também, a temperatura dos corredores, pátios, quadras e áreas de espera. “O verão na nossa cidade costuma ser bastante intenso. Nos dias secos e quentes, por exemplo, não é recomendável a prática de atividade física por conta da baixa umidade do ar. Com o novo sistema, que funciona com vaporização de partículas de água, isso não será um problema e os alunos poderão fazer as aulas normalmente”, explica Rodrigues.
A instalação do sistema foi pensada para beneficiar todos que frequentam a escola, pois, além de diminuir a temperatura e deixar o ambiente mais fresco, ainda melhora a qualidade do ar. “A instalação está trazendo vários benefícios, entre eles conforto e saúde”, relata o diretor.
No Anglo Paulínia as aulas começaram no dia 31 de janeiro. Mas enquanto os alunos estiveram de férias, a Direção da escola aproveitou a ausência de estudantes para fazer várias manutenções, entre elas, limpeza e higienização dos aparelhos de ar condicionado; limpeza de todas as caixas d’águas; troca de filtros dos bebedouros; tratamento da areia dos parquinhos e desinsetização completa.
“Ao longo do ano fazemos várias manutenções na escola. É uma preocupação constante nossa, manter a infraestrutura do colégio conservada, limpa e, principalmente, segura. Porém, tanto nas férias de julho quanto de janeiro, fazemos uma força tarefa para deixar o ambiente preparado para a volta às aulas”, justifica Rodrigues.
Para esse ano, o diretor adianta que vem mais novidades por aí e que todos estão trabalhando para continuar melhorando constantemente a escola para os alunos.