Início Empresarial Banco do Povo de Paulínia auxilia pequenos empreendedores

Banco do Povo de Paulínia auxilia pequenos empreendedores

Ricardo Giacomo destaca que o Banco do Povo está de portas abertas para os pequenos empreendedores de Paulínia
Ricardo Giacomo destaca que o Banco do Povo está de portas abertas para os pequenos empreendedores de Paulínia

Há mais de dois anos no município, a unidade disponibiliza R$ 220 mil  em crédito para microempresários

Com um trabalho financeiro totalmente focado aos pequenos empreendedores de Paulínia, o Banco do Povo já auxiliou mais de 70 pequenos empreendedores com financiamentos a juros de 0,5% ao ano.

O agente de crédito e também um dos responsáveis pela instalação do Banco do Povo em Paulínia Carlos Ricardo de Giacomo, explica que a unidade está à disposição para quem tem um pequeno estabelecimento e/ou negócio e quer faze-lo crescer. “Queremos ajudar as pessoas que trabalham em seus pequenos empreendimentos e que querem crescer, como as costureiras, cabelereiras, caminhoneiros, cozinheiras, boleiras e muitos outros”.

Ricardo lembra que pequenos negociantes como os feirantes do São José também podem procurar o Banco do Povo para solicitar uma linha de crédito.

Para se obter um financiamento, entre algumas exigências, a pessoa não pode ter restrição de crédito, ou seja, deve estar com o nome limpo, ser maior de 18 anos e máxima 70 anos. Os financiamentos podem ser realizados em parcelas de 12 até 36 meses. Também deve ser comprovada a existência do estabelecimento. “Não queremos endividar o empreendedor, mas sim ajudá-lo a desenvolver seu negócio”, ressalta Ricardo.

O Banco do Povo é desenvolvido meio de parcerias firmadas entre o Governo do Estado – representado pela Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho – e os municípios paulistas e não cobra taxa de abertura de crédito, de cadastro, de elaboração de contrato, nem nenhum outro valor para liberação do financiamento.
Financiamento para reformas

De acordo com o agente de crédito Carlos Ricardo de Giacomo, já há um contato com o governo estadual para a implantação da Casa Paulista, em Paulínia, que poderá financiar em até R$ 7.500,00 as reformas das casas construídas pela CDHU ( Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano). A previsão é de que até o final do ano os moradores possam contar com essa linha de crédito para reformar suas casas.