Início Empresarial Braskem avalia a importância do Químico no desenvolvimento humano

Braskem avalia a importância do Químico no desenvolvimento humano

Nesta segunda-feira, 18 de junho, é comemorado no Brasil o “Dia do Químico”, profissionais pesquisadores que estão sempre buscando melhores condições de vida, desenvolvendo novas técnicas e soluções que garantam a segurança de processos e produtos do dia a dia.
A formação na área química oferece diversas oportunidades para a carreira do profissional, que vão desde atividades como planejamento e controle de produção, desenvolvimento de produtos e operação e controle de processos, até opções em áreas comerciais, assistência técnica ou ciência forense, responsável pela investigação de crimes. A carreira acadêmica também absorve boa parte dos profissionais, visto que esta é uma disciplina obrigatória nos ensinos fundamental e média e comum a diversos cursos de engenharia.
Formado em Química pela UFSCAR, Rafael Ferreira tem afinidade com a área desde pequeno e hoje trabalha com controle de qualidade na unidade de Polipropileno 3 (PP 3) da Braskem, localizada no Polo Petroquímico de Paulínia. Sua trajetória na empresa começou em 2008, como estagiário no laboratório de controle de qualidade da fábrica, onde participava dos processos de análises físicas e químicas dos processos de produção.
“O que me fascina é fazer parte do processo de produção e entender como foram criados objetos que utilizo no meu dia a dia. Ouvia sobre a Braskem desde quando fazia o curso técnico no colegial e a oportunidade de trabalhar na empresa me deixa muito satisfeito, além de me permitir ter contato com outras áreas da ciência dentro da companhia”, explica o químico de 29 anos.
Outro exemplo é Rafaela Rodrigues, que atua na análise e desenvolvimento de métodos utilizando a cromatografia (técnica de separação de compostos) no Núcleo de Pesquisa de Químicos Renováveis da Braskem, em Campinas. Formada em química pela UNICAMP, a jovem começou ingressou na companhia como estagiária em 2014. “O mundo dos polímeros é muito fascinante e trabalhar com Pesquisa & Desenvolvimento é gratificante. Para ser um químico é preciso ter muita paixão, estar sempre disposto a aprender e estudar. A química nos abre muitas possibilidades de atuação profissional, existe um leque imenso de opções em diversas áreas, que não se restringem ao laboratório. Sempre sonhei em trabalhar na Braskem e hoje sou muito feliz”, explica a química de 27 anos.

A Braskem está há dez anos em Paulínia e esta unidade industrial possui tecnologia das mais modernas disponíveis no mercado internacional, lhe proporcionando alto desempenho e produtividade com excelentes indicadores de saúde, segurança e meio ambiente. Localizada em uma região estratégica, a PP 3 está no centro do principal mercado consumidor de resinas termoplásticas do Brasil e tem capacidade de produção de 380 mil toneladas por ano. Ao todo, a unidade gera cerca de 300 postos de trabalho na cidade, entre diretos e indiretos, impactando positivamente na arrecadação do município.