Início Política Câmara exige que agências bancárias forneçam tendas e cadeiras para quem aguarda...

Câmara exige que agências bancárias forneçam tendas e cadeiras para quem aguarda atendimento

De acordo com o vereador Alex Eduardo (Solidariedade), autor do Projeto de Lei 35/2022, as agências de Paulínia são de pequeno porte e não conseguem atender internamente a demanda de quem espera por atendimento
Os vereadores de Paulínia aprovaram na terça-feira (19), durante a 12ª Sessão Ordinária, proposta para que agências bancárias instalem tendas e assentos na frente de seus prédios, com o objetivo de proteger os clientes de exposições climáticas.
Para virar lei, o texto ainda precisa ser sancionado pelo prefeito. O objetivo é que as tendas ocupem trecho do passeio público. Já as cadeiras devem ser destinadas principalmente a idosos, pessoas com deficiência e mulheres com crianças de colo.
De acordo com o vereador Alex Eduardo (Solidariedade), autor do Projeto de Lei 35/2022, as agências de Paulínia são de pequeno porte e não conseguem atender internamente a demanda de quem espera por atendimento. Com a pandemia da Covid-19 e as regras contra aglomeração, as filas aumentaram ainda mais.
Outra proposta de Alex, também aprovada, impede que agressores de mulheres e meninas assumam cargos públicos (comissionados e efetivos) no município, com base na Lei Maria da Penha. A idoneidade moral deverá ser comprovada antes da posse.
Passou ainda proposta de Alex para garantir prioridade de atendimento a pessoas com lúpus e ataxia nas urgências, emergências, consultas eletivas e exames na rede municipal de saúde.
REFORMA ADMINISTRATIVA E DIÁLOGOS
O presidente da Casa, Fábio Valadão (PL), detalhou reunião realizada nesta terça-feira, no Ministério Público de São Paulo, para apresentar o projeto de reforma administrativa da Câmara, com revisão de departamentos, funções e plano de carreira.
Segundo Valadão, as mudanças elaboradas pela FIA (Fundação Instituto de Administração, ligada à USP) serão referência para os Legislativos da região, criando uma estrutura mais moderna, preparada para atender com dignidade a população. A proposta deve entrar na pauta das próximas semanas.
Além do diálogo com o MP, o presidente destacou a vinda do presidente Tribunal de Contas do Estado, Dimas Ramalho, em evento com representantes do Parlamento Metropolitano da RMC. O encontro será no dia 6 de maio, no Plenário.
OUTROS TEMAS
Foram aprovados 37 Requerimentos (cobrança de medidas ou informações) e 6 Moções (congratulações e aplausos), além de 58 Indicações (sugestões) apresentadas durante a sessão.