Início Motiva & Ação Circo e Pizza Brasil

Circo e Pizza Brasil

Sami Goldstein

Há uns 20 anos, fui a uma pizzaria cuja decoração era bem peculiar. Enquanto as concorrentes tinham a temática tradicional para o ramo, aquela era basicamente um circo. Durante o rodízio de fatias, malabares, palhaços e artistas se confundiam com balões e apetrechos. A satisfação da garotada era garantida. Já a satisfação com o sabor do prato principal nem tanto. Por fim o óbvio: tudo acabava em pizza. Circo e pizza parecem caminhar lado a lado com mais frequência e de forma pejorativa ultimamente, apesar de todo meu respeito tanto à classe artística como aos mestres das massas. Temos vivido dias conturbados nos quais, semana após semana, o picadeiro exibe espetáculos grotescos e inimagináveis. Quando chegamos ao fundo poço e acreditamos não haver nada mais abaixo, vem alguém e cava mais um pouquinho. O poço está literalmente sem fundo.
As vitoriosas conquistas sobre a epidemia são ofuscadas por festivais de bizarrices e trapalhadas. Se por um lado tivemos a semana marcada por um relatório de CPI que, apesar do válido mérito inicial, transformou-se em plataforma de projeções politiqueiras, por vezes acertadas e muitas outras simplesmente confusas, de outro tivemos a ameaça de manobras para driblar o teto de gastos que culminaram com a debandada de servidores. Nesse meio, um Brasil que afugenta investimentos e fomenta o caos. O circo da política acaba em indigesta pizza cujo molho é feito do mais puro sangue espremido do sofrimento de cada brasileiro.
O idealismo cede lugar ao populismo, mais do mesmo que se vê nestas terras desde que aqui aportou Cabral com seus espelhinhos e miçangas. Enquanto um diz “R$ 400,00” e o outro “R$ 600,00”, o povo é leiloado no show da falta de horizontes e esperança. É preciso construir um caminho seguro para o futuro lastreado em ideias factíveis, amor, união e harmonia. O Brasil não pode ser de A ou B; temos um alfabeto inteiro para escolher e vias novas para desbravar. O circo precisa voltar a divertir e a pizza a alimentar e não mais se confundirem com uma política que fala muito e diz pouco. Abramos as mentes e corações para as novidades e acreditemos que ainda pode dar certo. Vai dar certo!

Artigo anteriorJá pensou em ter dentes fixos e voltar a sorrir com tranquilidade?
Próximo artigoCosmópolis retoma aulas de futebol de campo