Início Paulínia Em sessão, Kiko diz que é ameaçado e perseguido por defender interesses...

Em sessão, Kiko diz que é ameaçado e perseguido por defender interesses da população

“Não só estou sendo perseguido como também ameaçado, mas eu não vou me silenciar”, disse o vereador Kiko Meschiatti

Vereador comparou atual administração com o desenho animado “Dick Vigarista” e disse não temer ameaças

As sessões da Câmara Municipal de Paulínia têm sido polêmicas. Os vereadores de oposição usam o momento para revelar as falhas da administração municipal que geralmente a população desconhece.

É o que faz Kiko Meschiatti (PRB). Através do vereador, a população ficou a par dos possíveis superfaturamentos nos contratos emergenciais do lixo e da merenda escolar. Recentemente ele revelou também a diferença significativa nos valores dos ovos de páscoa adquiridos pela municipalidade ao se comparar com os mesmos itens vendidos para outras cidades.
Além disso, o vereador já percorreu vários pontos da cidade para cobrar melhorias, como hospital, poliesportivo, ginásios, zoonoses, entre outros.
Tanto empenho em denunciar o que ele classifica como “desmando do governo municipal” tem lhe trazido problemas. Na última sessão, realizada na noite de terça-feira (9), o vereador fez o uso da tribuna para declarar que ameaças e perseguições não farão com que ele pare de trabalhar pela população.
“Jamais passou pela minha cabeça que seria perseguido por defender os meus ideais. Não só estou sendo perseguido como também ameaçado, mas eu não vou me silenciar”, disse.
O vereador contou que tem recebido apoio da população nas ruas e também através das redes sociais e comparou a dinâmica do governo municipal ao desenho animado “Corrida Maluca”, onde se destaca o personagem Dick Vigarista.
“Algumas pessoas me cobram, mas como eu vou falar bem desse governo? Buracos para todos os lados e ao invés de arrumar, vai lá e passa uma faixa amarela em volta como se fosse inibir o crescimento do buraco, mato alto, hospital em caos, vai abrir ou não as instituições que ele disse que vai abrir? Tá tudo ficando difícil. Só leva a crer, senhor prefeito, que o senhor está igual aquele desenho ‘Corrida Maluca’, com o ‘Dick Vigarista’. Igualzinho”, compara.
Kiko finalizou dizendo que não vai recuar e continuará trabalhando por Paulínia. “Mexi em um abelheiro e não sabia que ia levar tantas picadas, por defender meus ideais e o juramento que fiz nesta casa. Mas o medo não faz parte do meu dicionário, pois vou continuar defendendo o pobre, o trabalhador, a população. Contem comigo até os últimos dias que estiver como vereador de Paulínia”, encerrou.

Artigo anteriorPopulação cobra e Prefeitura reage: HMP retoma exames e cirurgias
Próximo artigoMP vai apurar denúncia de suposto superfaturamento de 100% em ovos de Páscoa