Início Paulínia Governo Du Cazellato alcança mais elevado desempenho da administração no período entre...

Governo Du Cazellato alcança mais elevado desempenho da administração no período entre novembro de 2020 a dezembro de 2023, revela pesquisa

Desde outubro de 2021, a nota da administração municipal de Paulínia tem superado consistentemente a média das cidades de médio porte (CMPs), que atualmente é de 686 pontos

 

A gestão Du Cazellato se destacou no mais recente levantamento da INDSAT (Indicadores de Satisfação dos Serviços Públicos) sobre a administração municipal, realizado no final de 2023. Os resultados revelam uma pontuação expressiva de 749 pontos, alcançando o alto grau de satisfação. Esse feito marca o mais elevado desempenho da administração no período entre novembro de 2020 a dezembro de 2023.

Desde outubro de 2021, a nota da administração municipal de Paulínia tem superado consistentemente a média das cidades de médio porte (CMPs), que atualmente é de 686 pontos. Essa performance coloca a administração local como o melhor serviço público quando comparado aos poderes municipal, estadual e federal.

Na análise comparativa, a pesquisa revela que o governo estadual obteve uma pontuação de 710 pontos, enquanto o federal apresentou 601 pontos no quesito serviço público. Essa disparidade coloca Paulínia em posição de destaque, evidenciando a eficiência e a satisfação dos moradores em relação à administração municipal.

Entre os 400 moradores entrevistados pela instituição, 68,7% expressaram aprovação à administração, marcando o indicador mais positivo dos últimos três anos. Em comparação com o primeiro semestre de 2023, esse aumento representa uma elevação de 4,6%. A rejeição atual está em 8,3%, 2% acima do registrado no primeiro semestre do mesmo ano. É importante ressaltar que os dados consideram uma margem de erro de 4,8%, com um intervalo de confiança de 95%.

Ao analisar a divisão dos moradores de Paulínia por gênero, idade, nível de escolaridade e religião, observa-se que a maior aprovação à Administração ocorre entre moradores evangélicos, atingindo 76,3%. Por outro lado, a rejeição é mais expressiva entre a população com nível de escolaridade superior, alcançando 11,5%.

A metodologia exclusiva de avaliação da INDSAT utiliza um índice de satisfação, atribuindo uma pontuação de até mil pontos com base nos percentuais de ótimo, bom, regular, ruim e péssimo obtidos por cada serviço. Esse método permite classificar as cidades em diferentes agrupamentos populacionais, sendo Paulínia uma cidade de médio porte (CMP), de acordo com as definições do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) e da Fundação Seade.

 

 

Artigo anteriorWilson Machado é eleito presidente da ACIP para o quadriênio 2024-2028
Próximo artigoFalamansa, Trio Xamego e Tiziu do Araripe são alguns destaques de fevereiro do Brasuca