Início Destaques Jardim Botânico de Paulínia celebra 18 anos

Jardim Botânico de Paulínia celebra 18 anos

Projeto pretende melhorar o atendimento aos visitantes e técnicos que trabalham no local

 

O Jardim Botânico Municipal “Adelelmo Piva Junior” completa hoje, dia 31 de maio, 18 anos de vida. Sua fundação ocorreu durante a primeira administração do prefeito José Pavan Júnior, de 1989 a 1992. Para comemorar essa data, a Secretaria de Defesa e Desenvolvimento do Meio Ambiente (Seddema) informa que o local passará por uma ampla reforma que prevê: cercamento com gradil, seguindo os padrões de outros prédios público; reforma da Casa da Vegetação para aumento da produtividade de espécies nativas da região de Paulínia e mudança da fachada da estufa que será dividida em dois espaços.
A Seddema, mantenedora do Jardim Botânico, prevê, ainda, a construção de um complexo: Centro de Recepção de visitantes, hoje não existe um espaço adequado e coberto para receber os visitantes, quando chove há uma enorme dificuldade de acomodar todos, não existe local apropriado, somente  a sede administrativa. O Centro terá um auditório, sanitários feminino e masculino adaptados para deficientes e espaço multiuso para diversas atividades.
Em 18 anos de funcionamento, o Jardim Botânico nunca passou por reformas, mantém a mesma estrutura, apesar de precisar de algumas adequações para melhor atender os visitantes como também a equipe  de técnicos que trabalham no local. De acordo com o secretário de Defesa e Desenvolvimento do Meio Ambiente Ricardo Ferro,  “a administração Municipal realizará a reforma do Jardim Botânico, obras estão prevista para inicio neste ano. O projeto da reforma já existe, porém agora com certeza  sairá do papel”, explica Ferro.
Na primeira  parte fazer uma exposição permanente de plantas como: bromélias, carnívoras  e outras. Na segunda parte destinar  para reprodução de ervas medicinais. Adaptar para deficientes os caminhos, assim como construir trilhas para caminhadas adaptadas. Alterar o horário de atendimento para visitação, o Jardim abrirá aos finais de semana.
“Essa reforma ajuda a almejar outras categorias de classificação na Rede Brasileira de Jardins Botânicos, além de oferecer  melhores condições de atendimento aos nossos visitantes como também de trabalho”, ressalta a bióloga e doutora do Jardim Botânico Jeanette Inamine Miachir.
O Jardim Botânico recebe estudantes da rede municipal de ensino e também de outros municípios, que se interessam em pesquisar na área de botânica e de preservação do meio ambiente, esse projeto é realizado em parceria com a equipe de educação ambiental do Parque Ecológico Municipal ‘Armando Müller’.
No local existe uma coleção de plantas aromáticas, condimentares e medicinais, as quais são oferecidas à população em geral conforme suas necessidades, os técnicos indicam quais as espécies são adequadas, por exemplo, para arborização urbana.

As mudas são reproduzidas no viveiro e fornecidas à população. Para os interessados em adquiri mudas é feito um cadastro. São mais de 900 espécies catalogadas entre arbusto e árvores e mais de 50 em espécies medicinais.
Referência
O Jardim Botânico Municipal “Adelelmo Piva Junior”, fundado em 31 de maio de 1992 é referência na Região Metropolitana de Campinas (RMC) por ser o único filiado a Rede Brasileira de Jardins Botânicos. Sua área de 86.000 m2 e tem como objetivo principal a preservação de espécies de plantas nativas e exóticas aclimatadas no Brasil, abrigando mais de 447 espécies catalogadas.
O Jardim Botânico, órgão da Secretaria de Defesa e Desenvolvimento do Meio Ambiente (Seddema) é responsável pelo gerenciamento do Parque da Amizade, Parque Brasil 500 e Parque Municipal do Cerrado.