Início Paulínia Paulínia recebe “Horizontes sem Limites”

Paulínia recebe “Horizontes sem Limites”

E Paulínia, o Projeto acontece nas escolas Marcelino Pietrobom e no Porphyrio
E Paulínia, o Projeto acontece nas escolas Marcelino Pietrobom e no Porphyrio

Diversas escolas públicas e instituições recebem o projeto, que tem por finalidade estimular valores éticos de cidadania e respeito aos diferentes através de palestras com Benedito Leal

Imagina um dia acordar e saber que em menos de 24 horas um desafio nos tiraria a visão? Provavelmente esta premonição nos deixaria loucos, apavorados, atônitos. Certamente, tentaríamos observar todos os detalhes daquelas últimas horas de visão do mundo ao nosso redor. E se de repente um acidente nos transformasse em cegos do dia para a noite, sem aviso prévio? Qual seria a sua reação se algo assim acontecesse? Claro, cada um encararia esse desafio de uma forma diferente.

A vida traz diariamente desafios de todos os tipos. Com alguns, aprendemos mais do que com outros. Apesar de enxergarmos a maioria deles como dificuldades, o certo é que sem eles, talvez, não cresceríamos como seres humanos. São os desafios que nos fazem refletir sobre a vida, e pensando nisso o Grupo Komedi desenvolveu o projeto “Horizontes sem Limites”, que leva para instituições e escolas públicas uma palestra motivacional, para mostrar aos frequentadores e alunos que a falta da visão é apenas um degrau para a realização de seus sonho.
Patrocinado pela empresa Elevadores Atlas Schindler, através da Lei de Incentivo à Cultura – Rouanet, este projeto pretende estimular valores éticos de cidadania e respeito às pessoas com deficiência, além de atuar como agente motivacional, na medida em que enfatiza ideias e atitudes de superação. Nesse sentido, a percepção de que, face à deficiência, a pessoa pode ter dificuldades para realizar algumas atividades e, por outro lado, poderá revelar extrema habilidade no desempenho de outras, como qualquer ser humano.
Em cena, a história de superação de Benedito Leal, o palestrante, portador de deficiência visual desde os 08 anos de idade. Hoje, Benedito é coordenador de Relações Institucionais da Federação Paulista de Desportos para Cegos, mas desde os 15 anos ministra palestras a grupos de alunos e docentes, repassando suas vivências, desafios e vitórias. De lá para cá, ministrou mais de 300 palestras sobre o tema, dentro de empresas, instituições como UNICAMP/SP e UnG (Guarulhos/SP), incluindo participações em seminários. Licenciado e Bacharel em história pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP – 1985), Benedito possui cursos como Extensão Universitária para professores de 1° e 2° graus de História (UNICAMP – 1985) e Expansão Cultural sobre Preservação da Memória Municipal (Fundação Prefeito Faria Lima – Centro de Estudos e Pesquisas de Administração Municipal – 1987) e em 1996 pela UNICAMP/SP se especializou em Educação Física Adaptada.
Em Paulínia, o projeto acontece no dia 17 de março na Escola Maestro Marcelino Pietrobom, no Jardim Ouro Negro e nos dias 25 e 26 na E.E. Escola General Porphyrio da Paz.