Início Região Pelo tri olímpico, Zé Roberto vai deixar o Campinas para se dedicar...

Pelo tri olímpico, Zé Roberto vai deixar o Campinas para se dedicar à seleção

“As duas coisas são importantes para mim, mas representar o meu país tem uma importância muito grande na minha vida”, disse o treinador
“As duas coisas são importantes para mim, mas representar o meu país tem uma importância muito grande na minha vida”, disse o treinador

Técnico que ajudou a montar o projeto, ficará à frente da equipe até o fim da Superliga: ‘É com dor no coração, mas precisava tomar essa decisão’

Desde o fim dos Jogos de Londres, o técnico José Roberto Guimarães iniciou uma contagem regressiva. A cada dia marca na folhinha o tempo que falta para a disputa das Olimpíadas do Rio, em 2016. Não esconde de ninguém que sonha com a conquista do tricampeonato no quintal de casa. E para isso, viu a necessidade de se dedicar totalmente às meninas da seleção brasileira. Depois da disputa da Superliga, ele deixará o Campinas para ser exclusivo e se concentrar apenas no trabalho com a equipe nacional. Prevê viagens para a Itália, Turquia, Rússia e Japão com o intuito de se reciclar e acompanhar os adversários mais de perto.
As conversas com a Confederação Brasileira de Vôlei (CBV), com a Amil – empresa que patrocina o time de Campinas -, e com as jogadoras já aconteceram. Por algumas vezes, ouviu dos dirigentes do projeto que ajudou a montar para que repensasse a decisão. Mas, mesmo com “dor no coração”, diz que precisa olhar para frente. “As duas coisas são importantes para mim, mas representar o meu país tem uma importância muito grande na minha vida. Foi uma decisão difícil e complicada de tomar, mas não tem como… É com dor no coração, estou triste, mas precisava tomar essa decisão. Acho que vai dar tudo certo no final”, afirmou.
Zé Roberto diz que não há risco de o time de Campinas ser desfeito após o término da temporada. Seu desejo é que Paulo Coco, seu assistente, assuma o cargo. Espera também poder chegar à decisão do campeonato e brigar pelo título. Atualmente, o Campinas tem a segunda melhor campanha da Superliga.
O trabalho com a seleção brasileira será retomado em maio. Nesta temporada, o Brasil tentará conquistar o inédito título mundial na Itália.