Início Paulínia PM fecha rodeio clandestino com 100 animais em Sumaré

PM fecha rodeio clandestino com 100 animais em Sumaré

Dois organizadores e um funcionário foram detidos com esporas, chicote e material para amarrar a calda dos bichos

Polícia soube do rodeio clandestino após uma denúncia anônima recebida por telefone

A Polícia Militar Ambiental acabou com uma vaquejada irregular que ocorria em uma fazenda no Parque Itália, em Sumaré, na tarde deste domingo (14). Cerca de 300 pessoas assistiam o evento, mas fugiram quando a viatura policial chegou ao local, onde havia cerca de 100 animais, entre bois, bezerros e cavalos. Dois organizadores e um funcionário foram detidos com esporas, chicote e material para amarrar a calda dos bichos, e foram levados para a delegacia de plantão da cidade. Eles deverão responder em liberdade por crime de maus-tratos.

A polícia soube do rodeio clandestino após uma denúncia anônima recebida por telefone e chegou à Fazenda Boa Vista, na área rural da cidade, por volta das 18h. Segundo os policiais que atenderam a ocorrência, havia adultos e crianças entre o público, que fugiu correndo pelo matagal. Não era cobrada entrada, apenas estacionamento e consumo de bebidas.
A montaria ilegal não tinha alvará nem veterinário responsável pelos animais, como determina a lei. Um funcionário foi flagrado tentando fugir com as esporas e dois responsáveis identificados. O uso desse equipamento é proibido e enquadra a ação como maus-tratos, já que pode ferir a barriga de bois e cavalos. Eles devem ser ouvidos e liberados para responder ao crime em liberdade. De acordo com a Polícia Ambiental, os animais serão liberados aos proprietários.