Início Destaques PMDB pressiona definição política dos vereadores Jurandir e Bonavita

PMDB pressiona definição política dos vereadores Jurandir e Bonavita

Os vereadores Jurandir Matos e Bonavita Barros têm até o dia 28 de maio para definir suas posições no PMDB.

O presidente do diretório do PMDB em Paulínia, Danilo Garcia disse que nesses dois anos de trabalho da atual administração Municipal não houve um retorno positivo das ações para a população.

O PMDB ajudou a eleger Pavan, porém agora cobra que o chefe do executivo cumpra suas promessas de campanha, principalmente nas áreas de Educação, Segurança e Saúde.

“Até o momento estávamos avaliando essa administração e aguardando que fossem respondidas nossas expectativas, mas até agora, nada aconteceu e a população está sendo prejudicada com essa falta de compromisso”, disse Danilo Garcia.

No dia 20 de junho foi realizada uma reunião interna do PMDB, quando ficou definido que o partido está fazendo oposição a essa atual administração. Por causa disso, os vereadores Jurandir Matos (líder do governo na Câmara) e  José de Almeida Bonavita Barros deverão tomar uma posição no dia 28 de junho, quando acontece a próxima reunião do partido, se alinham aos projetos do partido ou pedem para sair.

Caso eles não definam suas posições até esta data, o presidente Danilo Garcia disse que nesse caso, o partido iniciará um processo de expulsão. 
 “Não podemos aceitar filiados que estejam contrários aos nossos pensamentos e não estejam alinhados aos nossos projetos, pois o PMDB já decidiu que é oposição e que sairá com candidato próprio na próxima eleição Municipal”

Com mais de 3 mil filiados somente em Paulínia, a  prioridade do PMDB é construir uma nova proposta construindo sua própria candidatura.