Início Paulínia Prefeitura de Paulínia entrega 49 aparelhos auditivos

Prefeitura de Paulínia entrega 49 aparelhos auditivos

Até o final do ano mais 300 equipamentos deverão ser entregues pela administração
Até o final do ano mais 300 equipamentos deverão ser entregues pela administração

A Prefeitura de Paulínia entregou 49 aparelhos auditivos, para os  moradores nesta sexta-feira, 16.

Até o final do ano mais 300 equipamentos deverão ser entregues pela administração. 

O investimento total é de aproximadamente R$ 90 mil. Os aparelhos foram doados sem nenhum custo aos beneficiados. A entrega ocorreu no Cetreim (Centro de Terapia e Reabilitação Municipal) II, no bairro Nova Paulínia.
Na entrega, que ocorreu para idosos e adultos, os contemplados receberam informações de manutenção, higiene, uso adequado e cuidados que a pessoa deve ter com o aparelho. Todos são digitais e parte dos equipamentos, como a pré-moldagem, são feitas por profissionais do Cetreim.
A prefeitura tem quatro modelos de aparelhos auditivos, que são disponibilizados de acordo com a necessidade indicada por um médico otorrino.
Presente
“É o melhor presente que eu ganhei na minha vida. Sem escutar não conseguia conversar, entender o que ouvia na televisão. Estou muito feliz e emocionado. Agora, a vida será outra”, disse o aposentado Osvaldo Rospendoki, 79.
Outro aposentado, José Dermindo de Andrade, 85, contou que havia deixado de conversar com algumas pessoas em razão da deficiência auditiva. “Na vida a gente precisa ser compreensivo. Tem gente que não tem paciência com quem não escuta. Com o aparelho estou escutando tudo muito bem e vou dizer isso para todo mundo”, relatou.
Qualidade de Vida
A fonoaudióloga da prefeitura responsável pelo programa, Rosangela Girardi Murad Leite de Barros, contou que com os aparelhos os beneficiados ganham em qualidade de vida.
“Quando a pessoa não ouve direito, em muitos casos, ocorre o isolamento e até a depressão. A pessoa também tem dificuldade em fazer coisas simples, como assistir televisão ou conversar com vizinhos. Com os aparelhos o beneficiado consegue ouvir e viver muito melhor”, afirmou.