Início Saúde Primeiro caso confirmado da Covid-19 em Paulínia completou 1 ano na sexta-feira...

Primeiro caso confirmado da Covid-19 em Paulínia completou 1 ano na sexta-feira (19)

Em um ano de pandemia, Paulínia registrou 8.767 casos positivos; 122 pessoas morreram em decorrência da doença
No dia 19 de março do ano passado, Paulínia confirmou o primeiro caso da Covid-19 na cidade. Trava-se de um homem de 36 anos, residente em Paulínia e que trabalhavam em Campinas. Seu nome não foi divulgado.
Após sentir os primeiros sintomas, foi até um hospital privado em Campinas, passou por exames num laboratório particular onde foi diagnosticado. O quadro clínico era estável e o paciente ficou em isolamento domiciliar, acompanhado pela Vigilância em Saúde.
Paulínia registrou, em um ano de pandemia, 122 mortes, 8.767 casos positivos, 7.714 pessoas recuperadas (89% dos casos confirmados), 7.037 casos descartados e 3.247 casos suspeitos que aguardam resultados de exame laboratorial ou imagem. Outros 859 infectados permanecem em isolamento domiciliar e 74 estão internados, sendo 20 em leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) e 54 em leitos de enfermaria, segundo o boletim desta quinta-feira (18)
Os últimos três óbitos foram informados pelo Comitê de Prevenção e Enfrentamento ao Coronavírus na última quinta-feira (18).

120° caso
Paciente do sexo feminino, 41 anos, com antecedente de tabagismo. Iniciou os sintomas respiratórios no dia 26 de fevereiro, sendo internada no Hospital Municipal de Paulínia (HMP) no dia 2 de março. Foi realizado diagnóstico laboratorial para a Covid-19 pelo exame de PCR, com resultado positivo. Faleceu na sexta-feira (12).
121° caso
Paciente do sexo feminino, 97 anos, com antecedente de hipotireoidismo. Iniciou os sintomas respiratórios em 24 de fevereiro, sendo internada em hospital da rede privada de Campinas no mesmo dia. Foi realizado diagnóstico laboratorial para a Covid-19 pelo exame de PCR, com resultado positivo. Faleceu no domingo (14)
122° caso
Paciente do sexo feminino, 83 anos, com antecedente de doença cardiovascular. Iniciou os sintomas respiratórios no dia 18 de fevereiro, sendo internada em hospital da rede privada de Campinas no último dia 3. Foi realizado diagnóstico laboratorial para a Covid-19 pelo exame de PCR, com resultado positivo. Faleceu na quarta-feira (17).
A Administração Municipal se solidariza com todos os familiares e amigos.
A Prefeitura de Paulínia informa ser essencial que todos sigam as orientações do Comitê de Prevenção e Enfrentamento do Coronavírus e reforça a necessidade do uso de máscara, higienização das mãos sempre que possível, distanciamento social e evitar aglomerações.