Início Região Realizado em 130 cidades do mundo, Dia Mundial da Criatividade oferece atividades...

Realizado em 130 cidades do mundo, Dia Mundial da Criatividade oferece atividades gratuitas em Campinas no mês de abril

Ingressos sem custo para o maior festival colaborativo de criatividade do mundo ficarão disponíveis até a véspera da abertura oficial e poderão ser retirados pelo site; Programação inclui uma palestra sobre como as oportunidades que o metaverso traz e feiras de jogos para ampliar a criatividade

Nos dias 20, 21 e 22 de abril, 100 cidades em todo o Brasil e outras 30 cidades ao redor do mundo terão uma programação oficial aberta ao público para celebrar o World Creativity Day (Dia Mundial da Criatividade).

Com o tema “Celebrar a Vida”, o evento que está em sua 5ª edição conta com a realização de 1.500 atividades gratuitas (presenciais e online), com uma expectativa de público de 100.000 pessoas. A data, que entrou para o calendário oficial da Organização das Nações Unidas (ONU) em 2017, tem como objetivo fomentar e contribuir para uma agenda de inovação e desenvolvimento humano sustentável.

A liderança e organização do festival em Campinas é responsabilidade de Ana Paula Cunha, Coordenadora de Projetos da Casa Hacker, organização fundada pela comunidade periférica de Campinas com a missão de fornecer inclusão digital a pessoas de baixa renda e desenvolver habilidades digitais para o desenvolvimento econômico e social. As atividades deste ano se organizam ao redor de quatro eixos: emoções, diversidade, aprendizagem e sustentabilidade. A programação contempla diferentes formatos de atividades como palestras, debates, apresentações culturais, exposições, feiras, workshop e shows.

Em Campinas, o Dia Mundial da Criatividade será comemorado nos dias 20, 21 e 22 de abril com cerca de 20 atividades presenciais e online. As atividades acontecerão em 6 locais diferentes, entre eles, a Ozipa Criativa, que receberá atividades relacionadas à cinema e grafite, como por exemplo, uma oficina de grafite aberta à comunidade, e a ação cultural de grafitagem na sede da Ozipa Criativa no parque Oziel, em parceria com a Coordenadoria de Juventude e a Fundação Feac, entre outras.

Considerando a importância de uma semana com programação dedicada à criatividade e inovação como força propulsora do desenvolvimento humano, econômico e social, o Movimento Campinas Criativa articulou junto à Câmara Municipal de Campinas o Projeto de Lei 65/2022, que está em tramitação para incluir no Calendário Oficial de Eventos do Município a “Semana da Criatividade e Inovação de Campinas”, a ser comemorada anualmente na semana do dia 21 de abril. O PL deve ser votado nas próximas semanas. Para tratar desse assunto e de outros temas importantes para a economia criativa na cidade, os integrantes do movimento vai realizar uma roda de conversa sobre o panorama de alguns dos setores criativos no Terracota Coworking.

Além das ações presenciais, a programação conta ainda com atividades em formato LIVE, com dias e horários certos e interação com os palestrantes, como a palestra “Um novo olhar para materiais recicláveis”, da microempresária especializada em design de acessórios Danny Aguiar, que inspira pessoas a desenvolverem um novo olhar para os materiais que são considerados lixo e sem valor. Também acontecem no formato PLAY, onde os vídeos ficam disponíveis no site todos os dias, em qualquer horário, como o inspirador Celso Camargo Júnior, que abordará métodos criativos para escrita de poesia, além de contar sua trajetória como artista de rua e declamar poemas, e a publicitária premiada e pesquisadora de tendências Eliane El Badouy Cecchettini, que contará como o metaverso está mudando a vida das pessoas, quais as novas oportunidades e porque marcas e empresas precisam estar atentas a essa transformação.

Para consultar a programação completa da sua cidade e fazer sua inscrição, basta acessar o site www.diamundialdacriatividade.com.br. Para ver a programação global, acesse: www.worldcreativityday.com. As inscrições são gratuitas, e você pode participar de quantas atividades quiser.

“Após a liberação das atividades presenciais pelas autoridades locais, acreditamos que agora é a hora de comemorarmos nossa potência criativa, dando a oportunidade para que o público de diferentes regiões da cidade possam participar dessa grande festa. Aos que não puderem estar conosco presencialmente, nossa programação online está igualmente diversificada e inclusiva”, afirma Ana Paula, organizadora do Dia Mundial da Criatividade em Campinas. Todas as atividades seguirão as normas sanitárias obrigatórias.

Realizado desde 2014, o World Creativity Day adotou um formato descentralizado a partir de 2018 e, desde então, tornou-se o maior festival colaborativo de criatividade do mundo, sendo realizado em nossa cidade com a participação de voluntários, anfitriões, inspiradores e parceiros que ajudam a construir uma programação inédita e totalmente gratuita.

Sobre o World Creativity Day

O World Creativity Day é uma iniciativa da World Creativity Organization, organização responsável por difundir a marca World Creativity Day que atua globalmente para aumentar a conscientização de indivíduos, organizações e governos sobre o valor da criatividade como matéria-prima para a solução de problemas e, por extensão, no desenvolvimento social, tecnológico e econômico sustentáveis. em nosso século.

O World Creativity Day é uma comunidade global que reúne educadores, empreendedores criativos, líderes empresariais, tecnólogos, formuladores de políticas públicas, pesquisadores e outros agentes de mudança para promover e conectar iniciativas em torno da criatividade, inovação, sustentabilidade e ações concretas para o desenvolvimento econômico, cultural e social.

O World Creativity Day respondeu aos pedidos do Secretário-Geral das Nações Unidas sobre a Resolução 71/284 para chamar a atenção sobre a designação de 21 de abril como Dia Mundial da Criatividade e Inovação para todos os Estados Membros, organizações do sistema das Nações Unidas e outros organismos internacionais e internacionais, organizações regionais, bem como a sociedade civil, incluindo organizações não-governamentais e indivíduos.