Início Paulínia Sandro Caprino é investigado por áudio que indica suposto ato de corrupção...

Sandro Caprino é investigado por áudio que indica suposto ato de corrupção ativa

A Polícia Civil vai iniciar investigação sobre possível crime de corrupção ativa do vice-prefeito de Paulínia, Sandro Caprino (PRB).
A denúncia parte de uma matéria publicada pelo jornal Correio Popular, na qual um áudio indica suposto favorecimento para motivar mais agilidade nos trabalhos da Comissão Processante que investiga e pode afastar dos cargos o prefeito Dixon Carvalho (Progressista) e 13 vereadores.
De acordo com o advogado que representa Dixon na ação, Fábio Camata Candello, o vice será investigado por corrupção ativa, pois o oferecimento ou pagamento de qualquer tipo de vantagem para um agente público para cumprir a lei ou agir de forma contrária a ela configura crime de corrupção ativa, conforme artigo 333 do Código Penal.
O inquérito foi aberto pela 1ª Delegacia Seccional de Polícia de Campinas e será conduzido pelo delegado Renato Rossi.
Segundo Candello, não existe um prazo definido para a conclusão do inquérito. De acordo com o advogado, a investigação não terá interferência na condução da sessão marcada para segunda-feira,10, que decidirá se Dixon e os 13 vereadores serão cassados.

CP
Além do inquérito civil, o caso também será investigado pelos vereadores, que já aprovaram a abertura de uma Comissão Processante (CP) sobre o caso. Na quinta-feira, 6, a defesa do vice-prefeito protocolou na Câmara um pedido de anulação dos trabalhos da Comissão. O advogado Fábio José Martin alega que o vice não cometeu nenhum ato de quebra de decoro, o que justifica o arquivamento da CP.