Início Destaques Suspensa a greve do transporte público de Paulínia

Suspensa a greve do transporte público de Paulínia

Em Assembleia na madrugada de hoje, os trabalhadores da empresa Passaredo, do transporte urbano e fretamento escolar de Paulínia, decidiram suspender a greve prevista para inicio nesta segunda feira. As negociações entre o sindicato dos Rodoviários e a empresa no último final de semana avançaram em relação á solicitação dos trabalhadores e a proposta apresentada foi aceita pela maioria.
O acordo com a empresa passa a valer  retroativamente á primeiro de maio e o reajuste nos salários dos trabalhadores será de 7,5%, o ticket refeição passará a 225 reais por mês , o PLR- Participação de Lucros e Resultados – unificado para todos os funcionários, foi elevado a 180 reais no ano e a empresa irá subsidiar 60% do convênio médico  independente do numero de dependentes do trabalhador. Reunidos com a diretoria do Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários e Anexos de Campinas e Região, em frente á garagem da Passaredo ás  4:50 horas da madrugada desta segunda feira, os trabalhadores do turno da manhã aceitaram a proposta patronal e decidiram  pelo fim do movimento de paralisação.

O diretor Izael Soares de Almeida afirmou que toda a estrutura do sindicato estava preparada para apoiar uma eventual greve dos trabalhadores, se assim decidisse a assembléia. Entretanto considerou que os avanços obtidos nas negociações no final de semana alcançaram os objetivos da categoria sem que houvesse necessidade de serem tomadas medidas extremas. “ Os trabalhadores consideraram que obtiveram um dos melhores resultados dos últimos anos, confiaram no poder de negociação do sindicato e aceitaram a proposta patrona — declarou o dirigente – e suspenderam a greve”.

Os cobradores e monitores obtiveram uma grande vitória, na avaliação do presidente dos Rodoviários – Matusalém de Lima, pois pela primeira vez conseguiram equiparação com os motoristas no PLR. Nas negociações anteriores  eles recebam apenas 50% do valor pago aos motoristas pelo benefício.” A equiparação do prêmio é um reconhecimento importante para os trabalhadores auxiliares já que todos integram uma mesma equipe”- -concluiu Matusalém.
O apoio do Sindicato ao movimento dos trabalhadores contou com a participação da diretoria da entidade e vários sindicatos da região. Cerca de cinqüenta representantes e líderes sindicais estiveram presentes na madrugada de hoje na assembléia em frente aos portões da Passaredo , prontos para auxiliar os trabalhadores na concretização de sua decisão.