Início Cosmópolis Auxílio Emergencial do Governo Federal pode beneficiar mais de 3,6 mil famílias...

Auxílio Emergencial do Governo Federal pode beneficiar mais de 3,6 mil famílias de Cosmópolis

O auxílio emergencial de R$ 600, em Cosmópolis, chegou para 1.373 famílias beneficiárias do Bolsa Família e pode chegar a 2.250 famílias inscritas no Cadastro Único, mas que não recebem nenhum benefício de acordo com dados da DATAPREV – empresa responsável por cruzar os dados e informações de milhões de pessoas registradas no Cadastro Único com outras bases do Governo Federal.
Isso significa que, em Cosmópolis, 3.623 famílias Inscritas no Cadastro Único podem receber o Auxilio Emergencial.
Considerando o perfil de renda declarado no Cadastro Único, a maioria das famílias terá direito a duas cotas mensais de R$ 600,00. O pagamento por parcela para essas famílias será de aproximadamente 4 milhões de reais por mês. Em três meses, o valor repassado às famílias de Cosmópolis corresponde a 13 milhões de reais em média.
O Auxilio Emergencial deve ser pago diretamente às famílias por meio de contas bancárias já existentes (Cartão Bolsa Família, Cartão Cidadão, Poupança Caixa, Caixa Aqui e Banco do Brasil), bancos particulares, e também por contas digitais que serão criadas pelo Governo Federal.
Todo esse mecanismo de selecionar, incluir e pagar às famílias inscritas no Cadastro Único, trabalhadores informais, microempreendedores individuais (MEI), autônomos e desempregados que cumprem com os critérios para o recebimento do Auxílio Emergencial, é feito diretamente pelo Governo Federal junto à Caixa Econômica Federal, à partir de bases que eles já possuem. A maior delas, sem dúvida é o Cadastro Único (até 20/03/2020).
“Todos os recursos que estão chegando a Cosmópolis provenientes dos programas nacional e estadual irão ajudar a atender as necessidades das famílias em situação de vulnerabilidade, além de aquecer a economia local”, disse Pivatto.
Em nenhum momento dessa seleção, inclusão ou pagamento o município participa, ou seja, não há qualquer ação por parte do município a não ser fazer a orientação adequada aos cidadãos.
Nenhuma alteração no Cadastro Único que foi feita depois do dia 20/03/2020, data do início da quarentena, foi utilizada pelo Governo Federal para selecionar as famílias. Qualquer atualização cadastral feita depois dessa data não será utilizada para seleção de novas famílias.
“Os CRAS (Centros de Referências de Assistência Social) não possuem qualquer informação sobre questões de pagamento do Auxílio Emergencial, não é possível saber pelos CRAS, por exemplo, porque a família não recebeu. Todas essas dúvidas só podem ser esclarecidas pela Caixa Econômica Federal (CEF) pelos telefones 111 e 121 ou nos diversos materiais informativos apresentados nos sites da CEF”, esclareceu Jussara Rodrigues, gestora do Programa Bolsa Família de Cosmópolis.
“O auxílio emergencial, seguindo as orientações do governo federal, deve ser utilizado para fins específicos das necessidades básicas das famílias beneficiadas, como por exemplo, alimentação e medicamentos”, orientou Edineide Ferreira, da Secretaria de Promoção Social de Cosmópolis.
“Estamos em um momento de crise, não sabemos quanto tempo irá durar, então é importante que as famílias poupem ao máximo seus recursos para que possam ter o mínimo necessário até as coisas normalizarem. Temos que ter em mente, que tudo isso irá passar, todos temos que fazer a nossa parte, sermos tolerantes, solidários e principalmente ficar em casa para nossa segurança e de nossos entes queridos”, conclui Edineide.

Artigo anteriorPivatto amplia número de leitos para atender pacientes de Covid-19 em Cosmópolis
Próximo artigoRota das Bandeiras inicia distribuição de vouchers de alimentação aos caminhoneiros do Corredor Dom Pedro