Início Empresarial Braskem e Wilson Sons fecham parceria para movimentação de contêineres no Terminal...

Braskem e Wilson Sons fecham parceria para movimentação de contêineres no Terminal Santa Clara

O acordo vai aumentar expressivamente o fluxo de cargas do Polo, em Triunfo, e o Porto de Rio Grande, que até então estava restrito a cargas líquidas da Braskem
O acordo vai aumentar expressivamente o fluxo de cargas do Polo, em Triunfo, e o Porto de Rio Grande, que até então estava restrito a cargas líquidas da Braskem

A Braskem, maior petroquímica das Américas e líder mundial na produção de biopolímeros, e a Wilson Sons, operadora de serviços portuários e dona do Tecon Rio Grande, firmaram parceria para reativar a movimentação de contêineres no Terminal Santa Clara, localizado no Polo Petroquímico de Triunfo (RS). O acordo marcará a retomada do transporte desse tipo de carga pelo Rio Jacuí, entre Triunfo e o Porto de Rio Grande, e possibilitará a substituição do transporte rodoviário pela hidrovia, reduzindo custos e otimizando a locomoção.

O terminal, batizado de Contesc, terá capacidade de movimentação de carga de 100 mil TEUS (TEU: Em inglês, Twenty-foot Equivalent Unit – Unidade equivalente a 20 Pés. Um TEU representa a capacidade de carga de um contentor marítimo normal), que representa 15% do volume de contêineres movimentados no Tecon Rio Grande, ratificando o propósito de ser um canal oficial de ligação entre o Porto e o setor produtivo. O início das operações está previsto para outubro.
A Wilport, empresa do Grupo Wilson Sons, será a responsável pela operação e prospecção de empresas que movimentarão suas cargas pelo Rio Grande via Terminal de Santa Clara. Inicialmente, o Contesc será o ponto de partida para transportar grande parte das resinas da Braskem, embarcadas atualmente por rodovia.
Segundo Paulo Bertinetti, diretor presidente do Tecon Rio Grande, trata-se de um projeto altamente estratégico para o Rio Grande do Sul. “Teremos um modelo de transporte no qual vamos criar melhorias, alavancar projetos logísticos com redução de custos, eliminar riscos de acidentes e avarias, além de reduzirmos um grande percentual de emissão de gases. Acreditamos que duas viagens semanais (ida e volta) de uma embarcação com capacidade de 300 TEUS poderiam atender a demanda”, complementa.
Como o calado do Rio Jacuí não permite o acesso de navios de grande porte, os Terminais de Santa Clara e Rio Grande foram concebidos para operar de forma integrada como parte da mesma solução logística do Polo Petroquímico. “O acordo vai aumentar expressivamente o fluxo de cargas do Polo, em Triunfo, e o Porto de Rio Grande, que até então estava restrito a cargas líquidas da Braskem”, afirma Hardi Schuck, diretor de logística da companhia.

Sobre a Braskem

A Braskem é a maior produtora de resinas termoplásticas das Américas. Com 36 plantas industriais distribuídas pelo Brasil, Estados Unidos e Alemanha, a empresa produz anualmente mais de 16 milhões de toneladas de resinas termoplásticas e outros produtos petroquímicos. Maior produtora de biopolímeros do mundo, a Braskem tem capacidade para fabricar anualmente 200 mil toneladas de polietileno derivado de etanol de cana-de-açúcar.

Braskem nas redes sociais
www.facebook.com/BraskemSA
www.linkedin.com/company/braskem
www.twitter.com/BraskemSA