Início Paulínia Cerca de 3,7 mil servidores participam do Enep

Cerca de 3,7 mil servidores participam do Enep

O Encontro registrou a presença de 3,7 mil servidores. O tema deste ano foi a convivência ética, que se tornou disciplina para os alunos do 6º ao 9º ano do ensino fundamental
O Encontro registrou a presença de 3,7 mil servidores. O tema deste ano foi a convivência ética, que se tornou disciplina para os alunos do 6º ao 9º ano do ensino fundamental

Encontro de educadores discutiu convivência ética em Paulínia

O 22º ENEP (Encontro Nacional de Educadores em Paulínia), organizado nos dias 25 e 26 de julho pela Prefeitura de Paulínia, registrou a participação de 3.700 servidores ligados à rede municipal da educação.

Durante os dois dias, diretores, coordenadores, professores, educadores, monitores, serventes, cozinheiros, escriturários e auxiliares puderam participar por mais de uma vez de palestras, oficinas e debates.

O tema deste ano foi a convivência ética, que se tornou disciplina escolar neste ano para os alunos do 6º ao 9º anos do ensino fundamental. A expectativa é a de que a disciplina possa ter continuidade em 2017.

A principal palestra foi dada pela educadora e professora da Unicamp (Universidade Estadual de Campinas) Telma Vinha. Ela abordou o tema no encontro realizado no Theatro Municipal, que reuniu quase 1.200 profissionais.

A especialista pontou cinco situações comuns nas escolas (incivilidade, violência, indisciplina, transgressão e o bullying) e abordou como o profissional pode lidar com cada uma delas, combatendo as práticas ligadas.

“A moral é dever e nos conflitos há a possibilidade de desenvolvimento do ser humano, desde que enfrentando de maneira correta cada uma das situações. Na escola, somos espelho dos alunos”, afirmou a especialista.

O primeiro dia

Na Câmara Municipal, diretores, cozinheiros, serventes, escriturários e ajudantes gerais tiveram uma palestra com Gilberto Kuyumjian, especialista em recursos humanos que falou sobre um novo olhar que gera novas atitudes.

Na EMEF (Escola Municipal de Ensino Fundamental) Sol Nascente, cozinheiros, serventes, escriturários e ajudantes gerais puderam tomar noção de alongamentos e atividades para ajudar no trabalho diário.

Na Sala de Imprensa do Paço Municipal, a pediatra da rede municipal de saúde Regina Peres falou sobre a importância da alimentação nos primeiros anos de vida para diretores e cozinheiros da rede.

Já na EMEF Prefeito José Lozano Araújo, orientadores pedagógicos e professores tiveram oficinas de matemática, onde aprenderam novas formas de aplicar a disciplina para garantir melhor aprendizado.

Na EMEF Yolanda Tiziani Pazetti, monitores e auxiliares passaram o dia todo em oficinas pedagógicas. Uma das mais concorridas abordou as diferentes linguagens da criança. Outras envolveram a música e o teatro.

Segundo dia

Na terça-feira (26), diretores, orientadores pedagógicos e professores realizaram diversas oficinas sobre valores morais. As atividades aconteceram durante todo o dia na EMEF Prefeito José Lozano Araújo.

No Theatro Municipal, as especialistas Adriana Ramos, Flávia Vivaldi e Luciene Tognetta debateram a evolução da criança ao adolescente de hoje. A mediação foi feita por outra especialista educacional, Ana Aragão.

“Com o ENEP, atingimos toda a rede, com cursos de qualidade que irão agregar valor no dia a dia de cada funcionário. É um estímulo para a volta às aulas”, afirmou Regina Marciano, secretária da Educação de Paulínia.

Artigo anteriorResidencial Pazetti recebe área de lazer com playground
Próximo artigoHospital de Paulínia terá estágio para estudantes de medicina