Início Empresarial Comissão do Sul do Brasil visita Cooperlínia para conhecer modelo de cooperativa

Comissão do Sul do Brasil visita Cooperlínia para conhecer modelo de cooperativa

O objetivo da visita foi entender como funciona o sistema em que todos trabalham pelo coletivo, mas com rendimentos individuais satisfatórios
O objetivo da visita foi entender como funciona o sistema em que todos trabalham pelo coletivo, mas com rendimentos individuais satisfatórios

A Cooperlínia Ambiental do Brasil foi escolhida por um grupo de executivos e membros de associação de catadores de resíduos do Paraná e Santa Catarina como modelo eficiente de negócio e cooperativismo. Segundo o diretor administrativo da Érgon Green, Wladimir Rosa, a visita que aconteceu na quinta-feira (24) superou as expectativas. “Nossa parceria pretende investir R$ 10 milhões na criação de uma cooperativa nos mesmos moldes da Cooperlínia. Para isso, precisamos de conhecimento e ouvir experiências. Essa expertise da cooperativa de Paulínia nos surpreendeu e é muito importante”, explicou.

O objetivo da visita foi entender como funciona o sistema em que todos trabalham pelo coletivo, mas com rendimentos individuais satisfatórios, como acontece com os cooperados de Paulínia há mais de dez anos.
Junto com Rosa, vieram do Sul, o diretor financeiro do Grupo Carraro, Elso Carraro, e o diretor financeiro da Érgon Green, Guilherme Macedo. Mais doze membros da ACMR (Associação dos Catadores Metropolitanos de Resíduos) endossaram a comitiva. “O trabalho da Cooperlínia é eficiente e serve de modelo para o Brasil inteiro. Aprendemos muito e, com certeza, esse sistema de divisão de lucros será aplicado com êxito por nós”, reforçou o executivo.
Para o presidente da Cooperlínia, José Carlos Silva, a visita só reforça o reconhecimento do trabalho prestado pela cooperativa que segrega cerca de 200 toneladas de resíduos recicláveis por mês. “Nossos sócios e funcionários trabalham com dignidade do que não serve para muita gente. Fico muito honrado ao constatar que nosso trabalho é um reconhecido modelo de sucesso”, reforçou José Carlos em nome dos 35 associados.