Início Paulínia Distribuição de panfleto vira caso de polícia

Distribuição de panfleto vira caso de polícia

A distribuição de panfletos considerados ofensivos ao prefeito Dixon Carvalho virou caso de polícia na última quinta-feira (30), em Paulínia. Três pessoas envolvidas na panfletagem foram encaminhadas à delegacia para prestarem depoimentos, depois de terem sido flagradas pela Guarda Municipal. Cerca de 400 panfletos foram apreendidos.
A Polícia Civil de Paulínia vai abrir inquérito para apurar o caso a defesa de Dixon disse que processará o trio por injúria. De acordo com Termo Circunstancial de Ocorrência, a Guarda Municipal foi acionada por populares, que alegaram que indivíduos estavam distribuindo panfletos pela cidade. Ao ser abordado, o acusado afirmou que a distribuição estava sendo feita a pedido de Eduardo Evangelista Figueiredo.
O conteúdo do panfleto diz respeito a sessão extraordinária que seria realizada ontem, 31, mas foi suspensa pela justiça local. Evangelista compareceu à delegacia com seu advogado, assumiu que o material é de sua autoria e declarou que estava exercendo seu direito de cidadão.