Início Paulínia Empossados, prefeito e vereadores definem primeiro escalão do governo

Empossados, prefeito e vereadores definem primeiro escalão do governo

Dixon Carvalho e Sandro Caprino estão no comando da Prefeitura. Du Cazellato encabeçou a chapa 2 e foi eleito com nove votos na Câmara. Mais votado nas urnas, Kiko Meschiatti desabafou: "Esperava mais respeito".
Dixon Carvalho e Sandro Caprino estão no comando da Prefeitura.
Du Cazellato encabeçou a chapa 2 e foi eleito com nove votos na Câmara.
Mais votado nas urnas, Kiko Meschiatti desabafou: “Esperava mais respeito”.

Solenidade aconteceu no domingo, dia 1º. Eleitos assinaram o Termo de Posse e prometeram honrar os votos recebidos nas Eleições de 2016

O dia 1º de janeiro em Paulínia foi marcado pela Solenidade de Posse dos candidatos eleitos no pleito de 2016. O evento, que aconteceu na Câmara Municipal, teve início às 10h30 com a entrada das bandeiras que compõem o Pavilhão Nacional conduzidas pela Guarda de Honra da Guarda Municipal. O Hino Nacional foi executado pela Orquestra de Amigos Violeiros de Paulínia, seguido pelo do hino do município.

Um a um, os vereadores foram chamados em ordem alfabética para tomar posse do cargo.
O vereador mais votado no pleito, Kiko Meschiatti, presidiu a mesa e fez a abertura da 1ª Sessão da 13ª Legislatura da Câmara com a leitura do Termo de Compromisso e a assinatura do Termo de Posse dos vereadores, prefeito e do vice-prefeito eleitos.
A cerimônia deu posse ao prefeito Dixon Carvalho (PP), ao vice-prefeito Sandro Caprino (PRB) e aos vereadores Kiko Meschiatti (PRB), Fábio Valadão (PRTB), Du Cazellato (PSDB), Zé Coco (PV), Edilsinho (PSDB), Tiguila (PPS), Danilo Barros (PR), João Mota (PSDC), Loira (PSDC), Marquinho Fiorella (PSB), Prof. Xandynho Ferrari (PSD), Fábia Ramalho (PMN), Flávio Xavier (PSDC), Marcelo D2 (PROS) e Manoel Filhos da Fruta (PC do B).
Dos 15 vereadores, cinco chegam ao Legislativo pela primeira vez, uma renovação equivalente a 1/3. O vereador Loira já foi ocupou o cargo em outras legislaturas. Ele não conseguiu se reeleger no mandato passado, e nas últimas eleições, conseguiu o número de votos suficientes para retornar à Câmara de Paulínia.
Na legislatura passada, Flávio Xavier era suplente e assumiu o cargo da ex-vereadora Simeia Zanon. Nesta eleição, ele se reelegeu.
O partido de maior representatividade na Câmara para este quadriênio é o PSDC, que ocupa três das 15 cadeiras. O PSDB possui dois representantes.
O plenário, que possui 240 assentos, ficou lotado. No lado de fora, foram instalados telões para que o público acompanhasse a solenidade.

Artigo anteriorSecretário de Governo de Dixon já foi acusado de integrar “máfia da merenda”
Próximo artigoAir Liquide Brasil inicia operação de nova planta em Paulínia