Início Política Executiva Estadual do PSDB define interventor em Paulínia

Executiva Estadual do PSDB define interventor em Paulínia

Presidente do partido em Hortolândia passa a comandar a sigla na cidade. A convenção partidária tucana foi reagendada para a próxima terça-feira, 30 de julho.

A Executiva Estadual do PSDB, representada pelo presidente Marco Vinholi, nomeou uma comissão interventora para assumir o comando do partido em Paulínia na noite da última quinta-feira, 25 de julho. O grupo, liderado pelo presidente do PSDB de Hortolândia, Rogério Mion, contará com os vereadores Edilsinho e Du Cazellato e mais quatro integrantes do partido na cidade.
Eles se reunirão para a convenção do partido na próxima terça-feira, 30 de julho, às 17h30, no hotel Íbis, para tratar de propostas de coligação e da escolha dos candidatos a prefeito e vice, nas eleições suplementares. Mion ficará com o voto de minerva em caso de empate.
Em entrevista exclusiva ao Jornal Tribuna, o interventor, Rogério Mion, disse que a comissão irá definir o rumo do partido nas eleições, para manter um compromisso com a cidade. “Paulínia não aguenta mais tanta instabilidade administrativa. Pessoas valem mais do que coisas. Sou amigo tanto do vereador Du Cazellato quanto do ex-presidente do PSDB de Paulínia, Sérgio Zanovelo. O partido pensa no futuro da cidade e precisa de um representante que seja paulinense, ficha limpa e atenda aos anseios da população”, explicou Mion.
O prazo final para os partidos escolherem seus candidatos a prefeito e vice e estabelecerem coligações termina na terça-feira (30).

Mudança no cenário político pré-eleição suplementar começou na noite de quinta-feira

A reviravolta no cenário político pré-eleição suplementar, marcada pela decisão da Executiva Estadual do PSDB de destituir o então presidente do diretório, Sérgio Zanovelo, começou no início da noite da última quinta-feira, 25 de julho. A partir da intervenção, Rogério Mion assumiu a presidência tucana na cidade.
Zanovelo afirmou, em nota oficial distribuída à imprensa , que a cidade “pede por administração pública e não por políticos articuladores”, apesar de ter destacado que as articulações políticas terminaram em uma intervenção, “que talvez não seja o melhor caminho, embora talvez seja o mais correto”.
Ainda na noite da última quinta-feira (25), o Diretório Estadual do PSDB-SP esclareceu, em nota, que “determinou a intervenção do Diretório de Paulínia, a fim de pacificar o partido e prepará-lo para a convenção.

“Paulínia não aguenta mais tanta instabilidade administrativa. Pessoas valem mais do que coisas” (Rogério Mion – novo presidente do PSDB de Paulínia)

“O partido pensa no futuro da cidade e precisa de um representante que seja paulinense, ficha limpa e atenda aos anseios da população” (Rogério Mion)