Início Colunas Já parou pra pensar na importância da sua voz?

Já parou pra pensar na importância da sua voz?

Por Giovana Astolfi

A nossa voz é o principal instrumento de comunicação. Através dela, somos capazes de dialogar, expor nossas opiniões, trocar informações, expressar emoções e também realizar nosso trabalho e atividades de lazer.
Existem muitos profissionais da voz: cantores, professores, operadores de telemarketing, locutores, dubladores, jornalistas, vendedores ambulantes… Mas a verdade é que todos nós dependemos da voz para realizarmos bem nosso trabalho, pois em muitas situações precisamos nos comunicar. Além disso, também a utilizamos para o lazer e momentos prazerosos em nossas vidas.
Quando algo afeta o conforto ao falar, a capacidade de ser ouvido e entendido, o prazer em conversar ou até uma atividade de lazer, a qualidade de vida também é afetada.
A voz representa a nossa identidade pessoal. Se algo está prejudicando seu bom funcionamento, como perder a voz, perder a qualidade da voz, ou quando o falar gera dor e desconforto, também perde-se parcialmente a identidade, prejudicando todos os outros aspectos da vida e limitando a comunicação e a relação entre as pessoas (Anelli, 2013).
Por isso, alguns cuidados devem ser tomados para que não se desenvolvam problemas no futuro. Beber bastante água, ter uma alimentação saudável, dormir bem e evitar pigarrear são algumas formas de cuidar bem da sua voz.
Porém, em casos de uso intenso e constante da voz ou em situações de desconforto ao falar, dor, fadiga, perda da qualidade vocal e rouquidão, é importante fazer um acompanhamento fonoaudiológico, pois o fonoaudiólogo é o profissional responsável por habilitar e reabilitar a qualidade da voz, devolvendo, desse modo, a qualidade de vida.

Fga Giovana Astolfi – CRFa – 2/22023
@conceptsaudeebemestar
(19) 3244-9358
(19)99479-4350 WhatsApp
www.conceptsaudeebemestar.com.br
Avenida Fausto Pietrobom, 772, térreo, Jardim Planalto- PAULINIA/SP

Artigo anterior1º Open Day Mídia San Marino reúne 10 profissionais de imprensa
Próximo artigoE o mundo silenciou… de novo!