Início Cultura Morre Rubens Ewald Filho, ex-secretário de Cultura de Paulínia

Morre Rubens Ewald Filho, ex-secretário de Cultura de Paulínia

O crítico de cinema e ex-secretário de Cultura de Paulínia Rubens Ewald Filho morreu na última quarta-feira, 19 de junho, aos 74 anos. Ele estava internado no Hospital Samaritano, em São Paulo, desde maio, após sofrer um desmaio num shopping da capital e cair na escada rolante.

Ewald Filho foi nomeado em janeiro de 2017, na administração do ex-prefeito Dixon Carvalho. Na ocasião, a adminsitração informou que o papel do então secretário seria atrair investimentos para retomar o polo cinematográfico, implementado em 2008. A meta também era reformular o festival de cinema para reativá-lo no ano seguinte. Pouco tempo depois, no entanto, em março do mesmo ano, ele entregou o cargo alegando motivos pessoais.

O último festival de cinema ocorrido na cidade foi em julho de 2014, sob curadoria de Ewald Filho. Estiveram presentes ao evento atores como Danny Glover, do filme Máquina Mortífera, Jacqueline Bisset, além de importantes diretores nacionais, como Cao Hamburger, Bruno Barreto e Hector Babenco, morto em 2016.

Nascido em Santos, Rubens Ewald Filho era um expert em cinema brasileiro. Ele dizia ter assistido a mais de 37 mil filmes. Fez trabalhos como roteirista de novelas e, nos últimos anos, era comentarista sobre produções e atores no canal pago TNT.

Artigo anteriorConcurso do Detran SP tem 376 candidatos por vaga no Estado e 260 na região de Campinas
Próximo artigoPauliprev humaniza atendimentos com programa de acolhimento