Início Educação Paulínia avança 4 anos na educação básica

Paulínia avança 4 anos na educação básica

O Ideb, medido a cada dois anos, começou a ser calculado em 2005. Paulínia passou a participar em 2007. Na época, a nota obtida foi de 4,9 nos anos iniciais (5º ano)
O Ideb, medido a cada dois anos, começou a ser calculado em 2005. Paulínia passou a participar em 2007. Na época, a nota obtida foi de 4,9 nos anos iniciais (5º ano)

O município de Paulínia está quatro anos à frente da meta fixada pelo Ministério da Educação no que diz respeito ao ensino básico de anos iniciais (5º ano). De acordo com o Ideb (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica) 2015 divulgado na quinta-feira (8) pelo Governo Federal, Paulínia atingiu a nota 6,4.

Pela meta, essa nota deveria ser alcançada apenas em 2019, o que demostra um salto na qualidade da educação para crianças que estão iniciando na alfabetização.
O resultado foi comemorado pela Secretaria Municipal da Educação, responsável pelo ensino, por também superar as metas previstas no Plano Municipal da Educação.
No Brasil, a meta do Ideb 2015 dos anos iniciais foi alcançada por 74,7% das redes municipais. O resultado demonstra o esforço dos municípios, segundo o governo.
O Ideb, medido a cada dois anos, começou a ser calculado em 2005. Paulínia passou a participar em 2007. Na época, a nota obtida foi de 4,9 nos anos iniciais (5º ano). O índice é um indicador de desempenho da educação e relaciona duas dimensões: o desempenho dos estudantes em avaliações de larga escala e a taxa de aprovação.
O desempenho é calculado a partir da Prova Brasil/Saeb, quando os estudantes do 5º e do 9º ano do ensino fundamental são avaliados em Leitura e Matemática.
Os dados de aprovação são verificados a partir do Censo Escolar da Educação Básica, realizado anualmente. Com relação à nota, o desempenho é melhor quanto mais perto de 10.