Início Cosmópolis Pivatto dá posse ao novo Conselho Tutelar de Cosmópolis

Pivatto dá posse ao novo Conselho Tutelar de Cosmópolis

Foram cinco eleitas para o próximo mandato de quatro anos

Tomaram posse nesta sexta-feira (10) e receberam o certificado de Conselheiras Tutelares, pelos próximos quatro anos, as eleitas no processo eleitoral organizado pelo CMDCA (Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente) e com o apoio da Secretaria de Promoção Social e Ação Comunitária da prefeitura de Cosmópolis.

As novas conselheiras são Aline Soares de Lima Santos, Eliana Cristina Estevam Andretto, Giseli de Castro Silva, Marli Terezinha Sala Machado e Sandra Matos Pereira. A posse aconteceu no gabinete do prefeito Pivatto que, no ato, assinou o decreto de posse e parabenizou as eleitas desejando um bom trabalho em favor das crianças e adolescentes de Cosmópolis, sempre à luz do que determina o ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente).

O processo eleitoral do Conselho Tutelar de Cosmópolis aconteceu entre maio e outubro de 2019. Ao todo foram 17 candidatos inscritos e a eleição aconteceu no dia 6 de outubro na Escola Municipal Rodrigo Octávio Langaard Menezes, no centro de Cosmópolis. Compareceram às urnas cerca de três mil votantes em uma eleição bastante concorrida.
Além das novas conselheiras, estiveram na posse o presidente do CMDCA, Nelson Matsunaga; o Secretário de Promoção Social, Maurício Jorge; o vice-prefeito e Secretário de Saúde que também acumula a Secretaria de Saneamento Básico, Silvio Luiz Baccarin.

“É preciso lembrar sempre da Ética profissional na atuação como conselheira. Vocês serão Conselheiras Tutelares ao longo dos próximos 4 anos em todos os lugares onde estiverem e em qualquer horário”, disse Nelson Matsunaga na entrega dos certificados.

Para o vice-prefeito Silvio Luiz Baccarin, o novo Conselho Tutelar, formado pelas cinco eleitas, ficou bem equilibrado uma vez que elegeu conselheiras novas, mas reelegeu conselheiras experientes. “Este é um trabalho de fundamental importância. É dever de todos nós cuidar das nossas crianças e adolescentes, mas as conselheiras vão além disso. São as guardiãs dos direitos dessas crianças, conforme prevê o ECA”, reforça Baccarin.

O conselho tutelar

Os Conselhos Tutelares atuam na proteção das crianças e adolescentes em todos os municípios do país. É um órgão público municipal, vinculado às prefeituras, de caráter permanente e possui independência para tomar decisões.

O objetivo central dos conselhos tutelares é atender crianças e adolescentes que possuem seus direitos básicos ameaçados por pessoas de seu convívio ou pelo próprio Estado. O objetivo final é desenvolver uma rede de colaboração entre diversos órgãos para que os direitos das crianças e adolescentes estejam sempre em primeiro lugar. Embora o Conselho Tutelar possa atuar junto a outros órgãos, as decisões são tomadas por ele de forma individual.

Artigo anteriorÔnibus de alta tecnologia já circulam em Campinas
Próximo artigoHopi Hari oferece vagas de empregos com início imediato