Início Cultura População desaprova rumos da Cultura em Paulínia

População desaprova rumos da Cultura em Paulínia

Uma pesquisa divulgada pela Indsat apontou que apenas 23% da população de Paulínia apoia a Cultura da cidade. Os números fazem parte do relatório do primeiro trimestre de 2018 da Indsat. Eles revelam ainda que o grau de reprovação chega a 32% e quase metade da cidade (43%) considera o setor cultural paulinense regular.
A pesquisa também apontou o perfil dos moradores menos satisfeitos com a área cultural de Paulínia: 37% dos entrevistados com Ensino Médio avaliaram o setor de forma negativa. A reprovação é ainda menor entre a faixa etária de 16 a 30 anos de idade.
O índice de satisfação vem caindo pouco a pouco desde o início da gestão do prefeito Dixon Carvalho (PP). No início de 2017, Paulínia havia registrado 576 pontos em Cultura. Nesse mesmo período, o crítico de cinema Rubens Ewald Filho havia deixado o cargo de Secretário de Cultura de Paulínia após assumi-lo em janeiro.
A gestão municipal havia alegado que o crítico e roteirista havia pedido desligamento por questões pessoais. A pontuação Indsat se manteve no levantamento seguinte, mas começou a cair no 3º trimestre. A cidade fechou 2017 com 43% de reprovação no setor. Atualmente, a Secretaria de Cultura é comandada por Janaína Padovani.