Início Paulínia Presidência da CP que investigará Caprino está indefinida

Presidência da CP que investigará Caprino está indefinida

A presidência da Comissão Processante que investigará o vice-prefeito Sandro Caprino (PRB) por suposto favorecimento ao suplente, Sargento Camargo (PDT) está indefinida.
Isso porque na segunda-feira, 13, o vereador Fábio Valadão (PRTB) renunciou à presidência, alegando motivos de foro íntimo.
Com a renúncia, o presidente da Câmara vai sortear entre os demais vereadores, quem será o novo presidente da CP. Os vereadores Xandynho Ferrari (PSD), Zé Coco (PV), Edilsinho (PSDB) e Kiko Meschiatti (PRB) já pediram para não terem o nome incluído no sorteio.