Início Meio Ambiente Qualidade do ar atinge níveis críticos em Paulínia e Americana, diz Cetesb

Qualidade do ar atinge níveis críticos em Paulínia e Americana, diz Cetesb

Estação de monitoramento do ar apontou que maior concentração é de partículas inaláveis de poluentes
Estação de monitoramento do ar apontou que maior concentração é de partículas inaláveis de poluentes

A baixa umidade do ar resultou no aumento da concentração do nível de poluentes em algumas cidades da região de Campinas desde o começo da semana. Segundo registro da Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb) às 7h de quarta-feira (18), a qualidade do ar estava classificada como moderada em Americana e Paulínia. Em uma escala que varia de 41 a 80, a estação sul de Paulínia marcou índice de 48. Em Americana, a marcação chegou a 49.

Em todas as cidades, a maior concentração era de partículas inaláveis de poluentes, o que pode causar desconforto para pessoas com doenças respiratórias, como tosse seca e cansaço. Quem tem doenças cardíacas ou pulmonares, a recomendação é reduzir o esforço pesado ao ar livre. A qualidade do ar em cada estação é determinada pelo poluente de pior situação. O estado de atenção só é declarado quando as concentrações dos poluentes atmosféricos atingem a qualidade péssima e previsão das condições meteorológicas desfavoráveis à dispersão dos poluentes nas próximas 24 horas.
Além da qualidade do ar ruim, outro alerta com o tempo seco é o aumento dos focos de queimadas. Segundo informações do satélite ambiental Acqua do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), desde segunda-feira (16) foram registrados 10 focos de incêndio no estado de São Paulo. Em Campinas, a umidade do ar atingiu índice de 40,2%, de acordo com medição do Centro de Pesquisas Meteorológicas e Climáticas Aplicadas à Agricultura (Cepagri) da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) (veja abaixo os cuidados com o tempo seco).

Frente fria
A aproximação de uma frente fria que vem do sul do país ameniza um pouco o tempo seco na região de Campinas a partir da tarde desta quarta-feira, segundo a Somar Meteorologia. Durante a manhã, o sol predomina, mas a partir da tarde, há previsão de pancadas de chuva e trovoadas, de maneira isolada. Em Campinas, os termômetros variam entre mínima de 15ºC e máxima de 24ºC. No feriado prolongado de Corpus Christi, a frente fria avança pela costa do Sudeste e uma massa de ar polar derruba as temperaturas. Na quinta-feira (19), a máxima não passa dos 20ºC na cidade.