Início Paulínia Replan é investigada pelo Ministério Público do Trabalho

Replan é investigada pelo Ministério Público do Trabalho

A Replan está sendo investigada pelo Ministério Público do Trabalho, que apura condições de saúde e segurança na refinaria. O órgão ampliou o inquérito instaurado em novembro de 2017, após uma pane, para investigar também o acidente com explosão que parou a refinaria, em agosto deste ano.
A perícia do MPT tem feito vistorias na Replan desde a semana passada. Junto com o Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), técnicos e auditores avaliam o cumprimento de normas de segurança. Em nota, a Petrobras afirma que o número de trabalhadores é suficiente para garantir segurança e eficiência das plantas industriais.
A ocorrência de novembro foi provocada por uma pane das caldeiras da Replan, que provocou a liberação de uma intensa fumaça nas chaminés da refinaria. O caso foi em 1º de novembro e não houve feridos ou maiores danos materiais.
O inquérito foi instaurado em 6 de novembro, a pedido do chefe da Divisão de Perícias do próprio MPT, com o objetivo de prevenir outro acidente. O resultado ainda não foi divulgado e o prazo para a conclusão dos trabalhos não foi informado pelo MPT.