Início Empresarial Resina da linha Maxio® da Braskem promove eficiência ao mercado de ráfia

Resina da linha Maxio® da Braskem promove eficiência ao mercado de ráfia

Atualmente, a Zaraplast, empresa de soluções de embalagens flexíveis, utiliza a resina no processo produtivo, obtendo ganhos de até 15% em produtividade, proporcionando maior eficiência energética e desempenho de suas linhas

Material proporciona aumento de produtividade e eficiência energética

Com o compromisso de criar soluções inovadoras e sustentáveis juntos aos clientes, a Braskem, maior produtora de resinas termoplásticas das Américas, disponibiliza ao mercado de ráfia a resina PG480, da linha Maxio® – marca exclusiva da petroquímica que reúne portfólio de sustentabilidade, tecnologia e inovação.

Atualmente, a Zaraplast, empresa de soluções de embalagens flexíveis, utiliza a resina no processo produtivo, obtendo ganhos de até 15% em produtividade, proporcionando maior eficiência energética e desempenho de suas linhas.
“A Braskem está cada vez mais focada em apoiar os clientes para que possam se tornar mais competitivos, ajudando-os a criar produtos que permitam um menor impacto ambiental, aliando ao aumento de produtividade. Com a resina da linha Maxio®, podemos interligar os propósitos e avançar em diferentes mercados”, afirma Nicolai Duboc, gerente de Engenharia e Aplicação de Polipropileno da Braskem.
A resina foi desenhada para aplicação em equipamentos de altíssima velocidade, garantindo uma estabilidade maior durante a produção e um aumento na capacidade de transformação de ráfia. Em 2016, o volume total de vendas de resinas com selo Maxio® foi de 103 mil toneladas, distribuídas entre os 11 grades que compõem o portfólio da linha. Algumas das principais aplicações estão em utilidades domésticas (UD), embalagens rígidas, tampas, farma e cosméticos.

Linha Maxio®
Além de atender um dos principais pilares do crescimento da Braskem que é a inovação, o selo Maxio® foi criado para indicar as resinas ecoeficientes do portfólio da petroquímica que proporcionam aos clientes redução do consumo de energia, maior produtividade no processo produtivo e redução de peso do produto final, o que garante mais eficiência e, consequentemente, ganhos ambientais. Os benefícios são obtidos graças à evolução contínua das resinas, preservando ou melhorando propriedades mecânicas, químicas e óticas de produtos acabados. Essa linha é mais um exemplo que ratifica o propósito da Braskem de melhorar a vida das pessoas através das soluções sustentáveis da química e do plástico.

 

Sobre a Braskem

A Braskem é a maior produtora de resinas termoplásticas das Américas, com volume anual superior a 20 milhões de toneladas, incluindo a produção de outros produtos químicos e petroquímicos básicos, e com faturamento anual de R$ 54 bilhões. Com o propósito de melhorar a vida das pessoas, criando as soluções sustentáveis da química e do plástico, a Braskem atua em mais de 70 países, conta com 8 mil integrantes e opera 41 unidades industriais, localizadas no Brasil, EUA, Alemanha e México, esta última em parceria com a mexicana Idesa.

 

Inovação contra o Aedes aegypti

A terceira edição do Braskem Labs, programa de aceleração de projetos inovadores baseados na química e no plástico, vai selecionar dois projetos de empreendedores cuja solução seja combater o Aedes aegypti, mosquito transmissor de doenças como dengue, zika, chikungunya e febre amarela. Os escolhidos receberão quatro meses de mentorias com executivos da Braskem e especialistas da ACE, que vão incluir capacitações personalizadas em temas como estratégia, vendas, finanças, gestão de equipe, entre outros assuntos de relevância para o desenvolvimento dos negócios.
As inscrições no Braskem Labs poderão ser realizadas até 14 de maio, pelo site www.braskemlabs.com.br.