Início Empresarial Rota das Bandeiras realiza campanha ‘Por Cima do Risco’ na passarela de...

Rota das Bandeiras realiza campanha ‘Por Cima do Risco’ na passarela de Betel


 

Na próxima semana, uma placa com o nome de todos os signatários será instalada no local como forma da Concessionária homenageá-los

A Concessionária Rota das Bandeiras realizou nesta quarta-feira, 24, mais uma edição da campanha ‘Por Cima do Risco’, que tem o objetivo de conscientizar os pedestres sobre a importância do uso da passarela para uma travessia segura. O evento aconteceu na passarela do bairro Betel, em Paulínia, que fica no km 119+600 da rodovia Prof. Zeferino Vaz (SP-332). Promotores contratados pela Concessionária estiveram no local das 6h30 às 12h para colher a colaboração dos usuários locais.
Cerca de 260 pessoas realizam diariamente a travessia da rodovia naquele local, conhecido por ser margeado por bairros bastante populosos. A passarela naquele ponto começou a ser construída no segundo semestre de 2012 e foi entregue à população em março deste ano, num investimento de R$ 1,5 milhão. O dispositivo de segurança era um anseio antigo dos moradores, uma vez que o volume de travessias é muito grande e, consequentemente, os riscos também.
No evento desta quarta-feira os funcionários da Rota fizeram a abordagem dos pedestres e passaram informações sobre a quantidade de acidentes no local, os riscos de travessia de uma rodovia e informações sobre o tempo médio que um pedestre tem que aguardar até conseguir atravessar fora da passarela, mostrando que fazer o trajeto correto, pela passarela, não configura perda de tempo. Todos os participantes ganharam café da manhã e assinaram um termo de cooperação, comprometendo-se a difundir as informações recebidas. Na próxima semana, uma placa com o nome de todos os signatários será instalada no local como forma da Concessionária homenageá-los.
Recentemente, além do Betel, a Rota das Bandeiras entregou uma passarela no km 121, próximo ao condomínio Okinawa, também em Paulínia. Somadas aos quatro dispositivos já existentes, são seis passarelas em operação na rodovia. A sétima já teve sua construção iniciada pela Concessionária, no km 117, entre Campinas e Paulínia, e pelo menos outras quatro têm previsão de terem suas obras iniciadas entre 2013 e 2014.