Início Saúde Saúde Mental é tema da campanha da Pauliprev pela prevenção

Saúde Mental é tema da campanha da Pauliprev pela prevenção

A Pauliprev está colocando em seu site (www.pauliprev.sp.gov.br) vídeo e informações sobre essas ações preventivas

 Janeiro é branco. Este é o tema de uma campanha nacional abraçada pelo Instituto Pauliprev para buscar ações preventivas contra fatores que prejudicam a saúde mental. Segundo levantamentos e pesquisas realizadas por organismos governamentais, a saúde mental das pessoas está fragilizada com números preocupantes. Como em janeiro, normalmente, as pessoas estão mais reflexivas sobre o ano anterior, questionando sobre as metas realizadas e os novos desafios, é normal a criação de expectativas. “Nosso objetivo é provocar maior reflexão das pessoas acerca de suas emoções e expectativas, de maneira a auxiliar na construção de uma saúde mental da coletividade”, revela Marcos André Breda, presidente do Instituto.

A Pauliprev está colocando em seu site (www.pauliprev.sp.gov.br) vídeo e informações sobre essas ações preventivas.

Um ponto destacado é a alta exposição através das redes sociais, que propicia o ambiente ideal para que as pessoas frente a uma tela de computador ou de celular se sintam donas da verdade, fazendo julgamentos e na maior parte dizem coisas horríveis sobre a escolhas dos outros. Recentemente, a mídia divulgou o caso de uma moça que se suicidou em virtude de notícias falsas; ela já estava com o quadro de depressão instalado e solicitou que parassem com a divulgação das notícias falsas, o que acabou não acontecendo. Nada foi feito e o caso terminou em um desfecho horrível.

Ajuda

Busque sempre se aproximar de amigos e familiares dividindo seus sentimentos e angústias. Em casos de necessidade, busque ajuda profissional. O Sistema Único de Saúde (SUS) dispõe de profissionais especializados e preparados para ajudar. Os estabelecimentos de saúde estão atendendo a demanda de acordo com as possibilidades do SUS, mesmo sabendo que a quantidade de psicólogos e psiquiatras disponíveis na rede é menor do que o ideal para atender toda a demanda.

Janeiro Branco

Desde 2014, o mês de janeiro foi escolhido para ser o “Janeiro Branco”, porque é simbólico, pois sempre no início de um novo ano também é início de um novo ciclo. Em janeiro ocorre uma mobilização voltada para a conscientização de toda a população sobre os cuidados com a saúde mental. O projeto se iniciou na cidade de Uberlândia, Minas Gerais, espalhando-se em seguida por todo o Brasil e em outros países como: Estados Unidos, Japão, Holanda, Portugal, Colômbia e Angola.

Nos últimos anos, a campanha se transformou em legislações estaduais e municipais, estabelecendo janeiro como o mês da saúde mental. A alusão feita ao branco tem ligação com receber uma folha ou tela limpa, com possibilidade de reorganizar as histórias da própria vida.

Artigo anteriorBullying e cyberbullying: o que muda com a nova lei?
Próximo artigoFETPESP lança prêmio de comunicação