Início Paulínia Secretarias cria ação de combate à dengue

Secretarias cria ação de combate à dengue

Nebulização é uma das ações preventivas de combate à dengue em Paulínia
Nebulização é uma das ações preventivas de combate à dengue em Paulínia

Para combater a dengue em Paulínia, as secretarias de Saúde, Obras e Meio Ambiente formaram uma comissão para deliberar ações em conjunto para erradicar o mosquito Aedes Aegypti da cidade. A Corpus, empresa responsável pela limpeza urbana, também integra o grupo. Às quintas-feiras o grupo se reúne para avaliar a situação e definir quais medidas serão tomadas.

Nas discussões o grupo detectou que a população, na maior parte dos casos, tem colaborado e permitido a visita de agentes que atuam no combate à dengue. No entanto, alguns moradores não tem permitido o acesso, o que dificulta o trabalho. O grupo diagnosticou também a necessidade de alguns proprietários de terrenos baldios realizarem a limpeza, remoção de entulho e corte do mato.
De acordo com o secretário de Obras, Eduardo Ferreira, a colaboração dos proprietários de terrenos é fundamental para evitar mais casos de dengue. “É muito importante que os proprietários coloquem calçada e murem seus terrenos. Dessa forma, evitamos que entulho e lixo fiquem em vias públicas, o que pode gerar focos do mosquito da dengue”, explicou. Eduardo também relatou que a administração tem distribuído panfletos pela cidade sobre formas de evitar a propagação da doença.
O secretário de Saúde, Renato Cardoso, relatou que a equipe da Vigilância Sanitária tem mapeado as regiões com maior incidência de casos. “Estamos atentos e fazendo nebulizações em bairros onde há registro maior de casos de pessoas com dengue. A situação não é tão grave como em outras cidades da região porque fizemos um bom trabalho preventivo”, disse.
Já o secretário de Meio Ambiente de Paulínia, Jorge Israel, contou que integrantes de sua pasta têm monitorado e regiões com foco de dengue. Os diretores Edson Abadia e Henrique Padovani tem contribuído com a fiscalização. “A nossa equipe tem andado bastante e visitado algumas regiões. É muito importante que todos estejam engajados”, afirmou.
Faz parte do programa da comissão incluir outras secretarias na iniciativa.