Início Região Taxista é executado com tiro na cabeça em Campinas

Taxista é executado com tiro na cabeça em Campinas

 

Caso foi registrado na Polícia Civil como latrocínio - roubo seguido de assassinato de Carlos Masco

 O taxista Carlos Roberto Masco, de 49 anos, foi executado com tiro na cabeça e teve seu Meriva roubado, na noite de quinta-feira (22), em Campinas. O corpo dele foi encontrado por policiais militares quando faziam patrulhamento pela estrada de terra batida que liga Campinas a Pedreira. O veículo acabou localizado pela Polícia Militar (PM) na madrugada desta sexta-feira (23) perto do Parque Dom Pedro Shopping. O dinheiro que o taxista carregava, R$ 311, não foi levado, pois ele guardava em um compartimento especial do Meriva.

Masco foi achado com telefone celular, carteira e 14 cartões comerciais. O caso foi registrado na Polícia Civil como latrocínio – roubo seguido de assassinato. Foi o segundo caso com vítima fatal em roubos que tinham veículo como alvo pelos ladrões em espaço de 24 horas na cidade. Na noite de quarta-feira (21), o empresário Amaury do Lago Reis, de 65 anos, foi morto com tiros quando dois bandidos se aproximaram dele, que estava em um Citroen C3. O crime foi no Parque Ceasa, bairro da região do distrito de Barão Geraldo.

Além destas duas vítimas fatais, em outros dois casos pessoas foram baleadas em Campinas em tentativas de roubos de carros desde a última terça-feira. Nestas ocorrências, bandidos balearam uma administradora de empresas no bairro Nova Europa e um serralheiro no Centro, respectivamente.