Início Empresarial Têm início obras de ampliação do Trevo de Amarais

Têm início obras de ampliação do Trevo de Amarais

Com investimento de R$ 29,6 milhões serão implantadas dez novas alças, além da construção de dois viadutos e uma passarela no local
Com investimento de R$ 29,6 milhões serão implantadas dez novas alças, além da construção de dois viadutos e uma passarela no local

Serão implantadas dez novas alças, dois viadutos e passarela na Rodovia Dom Pedro; investimentos somam R$ 29,6 milhões

Fora iniciadas o nesta sexta-feira (13) hoje as obras de ampliação do Trevo de Amarais, no km 143 da Rodovia D. Pedro I (SP-65), em Campinas. Com investimento de R$ 29,6 milhões serão implantadas dez novas alças, além da construção de dois viadutos e uma passarela. Também serão ampliadas as quatro alças já existentes, incluindo a de ligação ao Aeroporto Campo dos Amarais. No trecho circulam, em média, 106,5 mil veículos por dia e as adequações irão eliminar os congestionamentos nos acesso ao bairro e entre as Avenidas Comendador Aladino Selmi e Cônego Antônio Rocato.

As obras iniciadas hoje, sob fiscalização da ARTESP (Agência de Transporte do Estado de São Paulo) têm previsão de conclusão até fevereiro de 2016. Para a execução, a cargo da concessionária Rota das Bandeiras, estão sendo gerados 80 empregos diretos e 120 indiretos. A Rodovia D. Pedro I está recebendo uma série de melhorias viabilizadas pelo Programa de Concessões Rodoviárias do Governo do Estado de São Paulo. Em outubro do ano passado foi entregue, em Campinas, o novo acesso a Barão Geraldo (km 138,8) – investimento de R$ 8,8 milhões. Até março de 2016 mais três obras que estão em andamento serão entregues em Campinas: a implantação do Trevo do Carrefour (km 133,4), do Trevo Galeria (km 131,1) e a adequação do acesso ao Wall Mart (km 132) – obras que somam R$ 53,1 milhões. As obras de implantação de marginais em Campinas, entre o km 129,2 e o km 145, têm investimento de R$ 47,5 milhões.
Em abril, outras três obras serão iniciadas no trecho de Campinas da SP-65. Serão duas novas passarelas (no km 143 e no km 144) e um novo dispositivo de acesso no km 133,4, com previsão de entrega em novembro desse ano e em março de 2016, respectivamente. Os investimentos somam R$ 10,7 milhões.
Além dos benefícios em decorrência dos investimentos em infraestrutura rodoviária, os municípios receberam o repasse do ISS-QN (Imposto Sobre Serviço de Qualquer Natureza) que incide sobre as tarifas dos pedágios. Em 2014, os 59 municípios da região de Campinas R$ 155,8 milhões a título de ISS. Desde 2000, quando o imposto entrou em vigor, já foram repassados R$ 1,1 bilhão às prefeituras.