Início Empresarial Braskem consumiu 11,4 bilhões de água de reúso em 2014

Braskem consumiu 11,4 bilhões de água de reúso em 2014

Braskem águaA Braskem, maior petroquímica das Américas e líder mundial na produção de biopolímeros, consumiu em 2014 cerca de 11,4 bilhões de litros de água de reúso. Proveniente de esgoto doméstico, água de chuva ou efluente industrial tratado. O volume representativo deve-se aos projetos Água Viva, no Polo de Camaçari na Bahia, e Aquapolo, que abastece o Polo Petroquímico no Grande ABC, em São Paulo. Juntas as iniciativas ainda possibilitaram nos últimos dois anos, 2013 e 2014, a empresa reutilizar 24,4 bilhões de litros de água, o que equivale a 9.760 piscinas olímpicas. Atualmente, cerca de 30% do montante hídrico utilizado é proveniente de reúso e a meta é elevar esse índice para 40% em 2020.

O Aquapolo, que teve início em 2012, representa um investimento de R$ 364 milhões e foi desenvolvido a partir de uma parceria entre a Odebrecht Ambiental e a Sabesp. A Braskem está consumindo 65% da capacidade do Aquapolo, reduzindo a demanda por água potável no abastecimento do polo petroquímico de Capuava, em Mauá (SP). No total, 11 unidades industriais de cinco empresas do Polo Petroquímico, dentre elas a Braskem, são contempladas com a ação. Na Bahia, o Projeto Água Viva, desenvolvido em parceria com a Cetrel teve um investimento superior a R$ 20 milhões e seguiu a estratégia de possibilitar a reutilização de água pluviais e efluentes tratados.

Sobre a Braskem

A Braskem é a maior produtora de resinas termoplásticas das Américas. Com 36 plantas industriais distribuídas pelo Brasil, Estados Unidos e Alemanha, a empresa produz anualmente mais de 16 milhões de toneladas de resinas termoplásticas e outros produtos petroquímicos. Maior produtora de biopolímeros do mundo, a Braskem tem capacidade para fabricar anualmente 200 mil toneladas de polietileno derivado de etanol de cana-de-açúcar.