Início Paulínia Vereador Fiorella crítica valores cobrado nos postos de combustíveis de Paulínia

Vereador Fiorella crítica valores cobrado nos postos de combustíveis de Paulínia

dsc_3895_20141126_1936865361Uma reclamação constante entre os moradores de Paulínia é o valor cobrado pelos postos de combustíveis da cidade. Muitos reclamam que a cobrança é acima da praticada nas cidades da região e também questionam o motivo pelo produto ser mais caro, pois não haveria o custo do transporte, visto que Paulínia abriga uma das maiores refinarias do Brasil, a Replan (Refinaria do Planalto).

O ex-presidente da Casa de Leis e vereador Marquinho Fiorella primeiro questionou o valor em seu perfil no Facebok. Depois trouxe a questão para a Câmara Municipal de Paulínia e apresentou o problema durante uma sessão ordinária. O “Peixe”, como é conhecido Fiorella, falou mais da questão em entrevista exclusiva concedida ao jornal Tribuna de Paulínia. Confira abaixo na integra.

Fiorella, você como vereador, criticou o preço dos combustíveis na cidade. Qual sua visão sobre esse problema?

Aproveitei a sessão que aconteceu na terça-feira, 10 de maio, para falar sobre essa questão. Antes já tinha tocado no assunto em meu perfil duas vezes. Vi imagens de placas de postos de outras cidades, entre elas, Ribeirão Preto e Mogi Guaçu. Comparando nossa cidade com Ribeirão Preto a diferença em média é de R$ 48 centavos. Se o sujeito abastecer com 40 litros, dá R$ 20 e num R$ 80.

Com essa crise que atravessa o Brasil, essa economia permitiria que a pessoa gastasse em outra coisa para sua família.

Fiorella, por estarmos ao lado da Replan, o valor acima da região não incomoda ainda mais?

Estamos ao lado da Refinaria, uma das maiores do Brasil e por incrível que pareça temos um dos combustíveis mais caros. Quando rodo pela região sempre vejo preços menores. E aqui os postos cobram mais e só fazem promoção aos domingos. Temos que entender o motivo disso, pois o custo com o transporte é mínimo já que carrega ali e descarrega aqui.

Com o preço mais alto o vereador acredita que o consumidor é prejudicado?
Não tenho dúvidas disso, pois o cidadão deixa de gastar em outros lugares e com outros serviços para abastecer. Ainda mais aquele que precisa trabalhar motorizado. Se o cara gasta menos, o empresário pode não ter como honrar seus compromissos e precisa demitir. É a roda da economia que o combustível caro, gira menos.

Alguns motoristas aproveitam que visitam cidades vizinhas e abastecem por lá. Acredita que até o comerciante é prejudicado por um preço mais alto que na região?

Claro, meu gabinete está aberto para ouvir o outro lado. Sempre estou aqui para entender o problema e buscar parcerias. Se um dono de posto de combustível me procurar e explicar os motivos que fazem o álcool e a gasolina terem este valor, vou tentar auxiliar e buscar ajuda para resolver o problema na origem.

Fiorella, você irá procurar os órgãos competentes e apresentar moções na Câmara contra essa cobrança?

Estou buscando mais informações sobre o tema e desejo nas próximas sessões cobrar dentro das minhas limitações os órgãos responsáveis.