Início Paulínia Aberta em Paulínia a primeira “Academia do Cérebro”

Aberta em Paulínia a primeira “Academia do Cérebro”


 

Foi lançada na segunda-feira, 25, no Centro de Artes de Paulínia (Ceart) com 90 alunos matriculados somente no primeiro dia de inscrição, a Primeira Academia do Cérebro do Brasil. Um espaço onde por meio de jogos e exercícios, busca-se obter ganhos significativos da memória e agilidade mental.

A “Academia do Cérebro” faz parte do Programa de Memória Saudável no Envelhecimento (Oficina de Vivência da Memória) que vem sendo desenvolvido há cinco anos pela Psicóloga Luciana Gumiero e pelo Professor e Diretor em Artes Cênicas Benê Silva. O Projeto, pioneiro na forma e conteúdo, fundamenta-se nos mais recentes estudos na área da neurociência, com o objetivo de passar conhecimentos e ferramentas para que as pessoas possam adotar comportamentos e hábitos cotidianos que favoreçam a saúde da memória no processo de envelhecimento.

Para Luciana, que desenvolve uma série de estudos na área do envelhecimento saudável, “são comuns estados depressivos no processo de envelhecimento e somadas as condições genéticas podem acelerar algum tipo de demência ou a doença tão temida “Alzheimer”; por este motivo o Programa inclui a rodada de conversa, uma reflexão onde se cria a oportunidade de ressignificar valores, crenças e comportamentos que impedem o estado de bem estar”. Ela utiliza de várias técnicas oferecidas pela psicologia, ensinando estratégias que ajudam a memorização, porém apoia sua visão na Psicologia Analítica Junguiana. Segundo Luciana “O que me aproxima de Jung é a maneira como ele fala sobre alma e sua visão ampla sobre a existência humana, e concordo com ele no aspecto que o homem precisa encontrar um sentido de viver em todas as fases da vida”.

Segundo o teatrólogo Benê Silva a proposta é, através dos jogos e brincadeiras, fazer o aluno a exercitar o cérebro de forma prazerosa e divertida. Da mesma forma que com o passar dos anos se faz mais necessário realizar exercícios físicos e dieta saudável, também precisamos exercitar o nosso cérebro Soma-se a isso que o estado de bem estar provocado por esses jogos além de colaborar com a saúde da memória, os exercícios, nas técnicas propostas pelo teatro, favorecem a comunicação e consequentemente a melhora da autoestima, da confiança em si.

 

Serviço:

Academia do Cérebro (Oficina de Vivência da Memória).O

Primeiro módulo com duração de 04 meses (16 encontros)

Investimento de R$ 480,00 (podendo ser parcelado em até 04 vezes).

Moradores de Paulínia têm 50% de desconto.

Os encontros acontecem uma vez por semana no Teatro Ceart (Paulínia Shopping – Av. Pref. José Lozano Araújo, 1515 – F: 3844-8240).